Certo ou Errado, Direitos e Deveres Éticos nas Eleições. Por Rodrigo Ormond; Confira!

Rodrigo Ormond é Advogado, Consultor Jurídico e Analista Político. Todos nós tomamos diariamente dezenas de decisões inerentes a coisas rela...

dr. rodrigo avelar

Rodrigo Ormond é Advogado, Consultor Jurídico e Analista Político.

Todos nós tomamos diariamente dezenas de decisões inerentes a coisas relacionadas com a nossa vida. Sejam elas ligadas ao nosso trabalho, a nossa família, a escola, nas relações interpessoais do dia a dia, em fim, dentro do meio social em que vivemos, sendo certo que todas elas estão ligadas com o nosso semelhante.

Referidas decisões podem ser certas ou erradas, mas precisam ser tomadas. No entanto, sabe-se que nem mesmo na área das chamadas ciências exatas é possível cravar uma decisão como certa ou errada, pois estamos suscetíveis de sermos influenciados pelo que cremos, nas coisas relacionadas a este mundo.

Ao elegermos uma determinada solução em detrimento de outra, o fazemos baseados num padrão, num conjunto de valores do que acreditamos. É isso que chamamos de ética: o conjunto de valores ou padrão pelo qual uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. Cada um de nós tem um sistema de valores interno de consulta no processo de fazer escolhas. Nem sempre estamos conscientes dos valores que compõem esse sistema, mas eles estão lá, influenciando decisivamente nossas opções.

Os estudiosos do assunto geralmente agrupam as alternativas éticas de acordo com o seu princípio orientador fundamental. As chamadas ÉTICAS HUMANÍSTICAS como o HEDONISMO, que ensina que o certo é aquilo que é agradável, tendo como exemplo o individualismo e o materialismo modernos. O UTILITARISMO que tem como princípio orientador o que for útil para o maior número de pessoas, a exemplo do nazismo que dizimou milhares de judeus em nomes do que é útil. O EXISTENCIALISMO, por sua vez, entende e defende que o certo e o errado são relativos à perspectiva do indivíduo e que não existem valores morais ou espirituais absolutos.Sendo este o sistema ético dominante em nossa sociedade moderna, que tende a validar eticamente atitudes tomadas com base na experiência individual.

A ÉTICA NATURALÍSTICA toma como base o processo e as leis da natureza. O certo é o natural — a natureza nos dá o padrão a ser seguido. A natureza, numa primeira observação, ensina que somente os mais aptos sobrevivem e que os fracos, doentes, velhos e debilitados tendem a cair e desaparecer à medida em que a natureza evolui. Logo, tudo que contribuir para a seleção do mais forte e a sobrevivência do mais apto, é certo. A ÉTICA CRISTÃ, por sua vez, parte de diversos pressupostos associados com o Cristianismo histórico. Tem como fundamento principal a existência de um único Deus, criador dos céus e da terra. Vê o homem, não como fruto de um processo evolutivo, mas como criação de Deus, ao qual é responsável moralmente. Entende que o homem pecou, afastando-se de Deus; como tal, não é moralmente neutro, mas naturalmente inclinado a tomar decisões movido acima de tudo pela cobiça e pelo egoísmo (por natureza, segue uma ética humanística ou naturalística). Um outro postulado é o de que Deus enviou seu Filho Jesus Cristo ao mundo para salvar o homem. Mediante fé em Jesus Cristo, o homem decaído é restaurado, renovado e capacitado a viver uma vida de amor a Deus e ao próximo. A vontade de Deus para a humanidade encontra-se na Bíblia. Ela revela os padrões morais de Deus, como encontramos nos 10 mandamentos e no sermão do Monte.

A ÉTICA CRISTÃ, em resumo, é o conjunto de valores morais total e unicamente baseado nas Escrituras Sagradas, pelo qual o homem deve regular sua conduta nesse mundo, diante de Deus, do próximo e de si mesmo. Por ser baseada na revelação divina, acredita em valores morais absolutos, que são a vontade de Deus para todos os homens, de todas as culturas e em todas as épocas.

Pois bem, após esse breve resumo sobre éticas, temos as nossas vistas no próximo domingo, Eleições Gerais em nosso país. Nesse sentido, a Constituição Federal vigente adota o regime democrático representativo, por meio do qual o povo elege seus representantes, dando-lhes poderes para que atuem em seu nome.


O processo eleitoral, o sistema eleitoral e os direitos políticos dos cidadãos ao voto caracterizam-se como exercício do sufrágio, ou seja, o direito que o cidadão/eleitor se dirige à seção eleitoral e exerce o ato de votar. Nesse sentido, o voto emerge como verdadeiro instrumento de legitimação para entrega do poder do povo aos seus representantes, tendo em vista que é ato fundamental para concretização efetiva do princípio democrático consagrado pela Constituição Federal.


Desta feita, em nosso país, a soberania popular é exercida pelo sufrágio universal, voto direto e secreto, sendo facultativo para os maiores de 16 anos e menores de 18, assim como para os maiores de 70 anos e analfabetos. Contudo, o voto é obrigatório para os eleitores que tenham entre 18 e 70 anos.


Pode-se concluir, assim, que sufrágio é um direito público subjetivo, ou seja, um direito próprio da condição de cidadão, que inclui tanto o poder de escolha dos representantes quanto à possibilidade de concorrer aos cargos públicos eletivos.

Portanto, tomando como base as informações trazidas alhures, só saberemos se as nossas escolhas deste domingo (nas eleições), serão certas ou erradas no futuro. No entanto, devemos realiza-las pautadas na ética cristã, na honestidade, na retidão, na verdade, não só da vida do politico escolhido para receber o nosso voto, mas com fulcro naquilo que vivemos ou deveríamos viver. com sabedoria, responsabilidade, com tudo que Deus nos abençoe, nos dando sabedoria, responsabilidade e discernimento, e possamos gozar de dias melhores em nosso país, tanto no campo moral, social e econômico.

Nome

Agenda,2,By Regis,7,Coberturas,89,DESTAQUE,3,NODECK,2,Noticias,1101,Social,168,Velho Oeste,1,Videos,106,VidroLider,1,
ltr
item
Acontece MT: Certo ou Errado, Direitos e Deveres Éticos nas Eleições. Por Rodrigo Ormond; Confira!
Certo ou Errado, Direitos e Deveres Éticos nas Eleições. Por Rodrigo Ormond; Confira!
https://lh3.googleusercontent.com/-QkCV9DPO0MQ/W7gfc_OlyzI/AAAAAAAAMpE/qSVGPYtE-kgIur7TJ6CfKhX2NNg9csm_wCHMYCw/dr.%2Brodrigo%2Bavelar_thumb%255B5%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-QkCV9DPO0MQ/W7gfc_OlyzI/AAAAAAAAMpE/qSVGPYtE-kgIur7TJ6CfKhX2NNg9csm_wCHMYCw/s72-c/dr.%2Brodrigo%2Bavelar_thumb%255B5%255D?imgmax=800
Acontece MT
http://www.acontecemt.com.br/2018/10/certo-ou-errado-direitos-e-deveres.html
http://www.acontecemt.com.br/
http://www.acontecemt.com.br/
http://www.acontecemt.com.br/2018/10/certo-ou-errado-direitos-e-deveres.html
true
4102166608156986089
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VER TODOS Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por HOME PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy