Exame feito após três horas não detecta sinais de embriaguez em professora que atropelou três em frente à Valley

Da Redação – Fabiana Mendes Foto: Rogério Florentino Pereira/OD Laudo pericial do Instituto Médico Legal (IML) realizado no último domingo (...

Exame feito após três horas não detecta sinais de embriaguez em professora que atropelou três em frente à Valley

Da Redação – Fabiana Mendes


Foto: Rogério Florentino Pereira/OD


Laudo pericial do Instituto Médico Legal (IML) realizado no último domingo (23), às 8h05 da manhã, apontou que a professora substituta de Biologia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Rafaela Screnci da Costa Ribeiro não apresentava sinais embriaguez. O acidente que vitimou Myllena de Lacerda Inocêncio, de 22 anos, e deixou outras duas pessoas feridas, em frente à Valley Pub, localizada na avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá, aconteceu por volta das 5 horas. O exame, porém, só foi feito após três horas.


Leia mais:
Polícia aguarda laudos de acidente em frente à Valley; professora e testemunhas serão ouvidas na quarta


Segundo informações da polícia, Rafaela se recusou a fazer o teste do etilômetro e o exame de sangue, que poderiam comprovar ou descartar a embriaguez apontada por policiais militares no momento da prisão.
Aos peritos, ela relatou ter ingerido quatro latas de cerveja por volta das 23 horas. No entanto, em diligências, a Polícia Civil conseguiu encontrar a ficha de consumação da professora em uma casa noturna na capital. Ao todo, ela comprou seis garrafas (long neck) de cerveja no local.


Conforme o laudo obtido pelo Olhar Direto e assinado pela médica Létícia França, o tempo transcorrido desde a ingestão da bebida alcoólica até o momento do exame influencia na apresentação clínica e no resultado do exame de embriaguez, devido à metabolização hepática.


No exame foi questionado se Rafaela estava embriagada, qual espécie da embriaguez, se na situação em que se encontrava ela estaria colocando em risco à própria segurança ou alheia, se ela se embriaga atualmente, em caso de afirmativo, quanto tempo seria necessário para a desintoxicação.


Das cinco perguntas, quatro tiveram a resposta “prejudicado”. A primeira, que questiona se ela está embriagada, aponta que “não”.


“Diante dos achados do exame concluem os peritos que a periciando apesar de apresentar evidências de ingestão de bebida alcoólica, não apresentou no momento do exame, sinais de embriaguez alcoólica”, concluiu o exame.


Entenda o caso


Uma mulher, identificada como Rafaela Screnci da Costa Ribeiro, 33, atropelou três pessoas às 5h50 da manhã deste domingo (23) na Avenida Isaac Póvoas, a poucos metros da faixa de pedestre, em frente à Valley Pub. Ela passou por audiência de custódia na última segunda-feira (24), pagou R$9,5 mil de fiança e foi liberada.


Professora substituta da Universidade Federal de Mato Grosso, Rafaela dirigia uma caminhonete Renault Oroch. O atropelamento aconteceu a poucos metros da faixa de pedestre, no momento em que o público deixava a casa noturna. De acordo com testemunhas da colisão, o veículo estava em alta velocidade quando colidiu com o trio. Além de bater nas três vítimas, o carro conduzido por Rafaela ainda se chocou com um Gol.


O carro só foi parar após o semáforo. Imagens registradas por testemunhas e pela Polícia Civil revelam o estado em que ficou o carro após a colisão. Equipes de resgate não conseguiram salvar Myllena de Lacerda Inocencio, mas regataram as outras duas vítimas.


Hya Girotto Santos foi encaminhada para o Pronto-socorro de Cuiabá. Ramon Alcides Viveiros foi transferido para o hospital particular Amecor para passar por uma cirurgia. De acordo com familiares, ele teve traumatismo craniano e precisou aliviar a pressão sobre o cérebro.


Familiares revelaram que a cirurgia de Ramon foi um sucesso e a equipe médica acompanha a evolução antes de realizar uma nova bateria de exames, que deve ser realizada amanhã.


Por meio das redes sociais, amigos e familiares têm prestado homenagens às vítimas e desejado pronta recuperação. Mãe e irmão de Ramón compartilharam áudio agradecendo às orações e manifestações de apoio.

Nome

Agenda,2,Brasil,181,Coberturas,47,DESTAQUE,3,INTERNACIONAL,31,Notícias,781,Rosário Oeste,51,VÍDEOS,58,
ltr
item
Acontece MT: Exame feito após três horas não detecta sinais de embriaguez em professora que atropelou três em frente à Valley
Exame feito após três horas não detecta sinais de embriaguez em professora que atropelou três em frente à Valley
http://www.olhardireto.com.br/imgsite/noticias/IML-1(26)(3).jpg
Acontece MT
http://www.acontecemt.com.br/2018/12/exame-feito-apos-tres-horas-nao-detecta.html
http://www.acontecemt.com.br/
http://www.acontecemt.com.br/
http://www.acontecemt.com.br/2018/12/exame-feito-apos-tres-horas-nao-detecta.html
true
7112361718051245540
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VER TODOS Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por HOME PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy