IPCA cai 0,21% em novembro, maior deflação para o mês desde o Plano Real

Por Machado da Costa É somente a segunda vez que o IPCA registra queda para o mês de novembro; a última foi em 1998, quando mostrou deflaçã...

Por Machado da Costa

É somente a segunda vez que o IPCA registra queda para o mês de novembro; a última foi em 1998, quando mostrou deflação de 0,12%

Queda foi motivada pelo redução dos preços de transportes - principalmente pela gasolina, que caiu 3,07% (Raphael Castello/Folhapress)

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)caiu 0,21% em novembro, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A queda foi motivada pelo redução dos preços de transportes – principalmente pela gasolina, que caiu 3,07%.

É a primeira vez que o IPCA registra deflação para o mês de novembro desde 1998, quando a queda foi de 0,12%. Em nenhum outro ano o índice registrou deflação em novembro, o que faz esta variação negativa ser a maior da história para o mês do Plano Real, iniciado em 1994. A série histórica do IPCA tem início em 1980, porém, o ambiente econômico do início daquela década até 1994 são incomparáveis com o do período pós Plano Real, que estabilizou a inflação e o câmbio.

No acumulado do ano, o IPCA tem alta de 3,59%, maior do que o registrado em igual período do ano passado (2,50%). Nos últimos doze meses, o IPCA acumula alta de 4,05%.

Os preços do grupo Transportes passou de inflação para deflação em novembro, de alta de 0,92% para queda de 0,74. Outros grupos que apresentaram deflação foram os de Habitação (-0,71%), Saúde e Cuidados Pessoais (-0,71%) e Comunicação (-0,07%). Apesar de registrar inflação, o grupo de Alimentação e bebidas desaceleraram 0,2 ponto porcentual em novembro, para 0,39% – o que ajudou o indicador a registrar deflação.

Combustíveis

O grupo dos Transportes, que em outubro apresentou a maior variação positiva e, como consequência, o maior impacto entre os grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE, em novembro inverteu o sentido e mostrou-se com a maior variação negativa e puxando todo o indicador para baixo.

O instituto explica que os combustíveis tiveram uma variação negativa de 2,42%. A gasolina ficou, em média, 3,07% mais barata em novembro. Já as quedas do óleo diesel e do etanol foram menos intensas, de 0,58% e de 0,52%, respectivamente. No mês anterior, esses dois combustíveis registraram altas de 2,45% e 4,07%, na ordem. O gás veicular manteve a trajetória de alta, passando de 0,06% para 5,45% em novembro

Nome

Agenda,5,Brasil,19,Coberturas,17,DESTAQUE,2,Notícias,101,
ltr
item
Acontece MT: IPCA cai 0,21% em novembro, maior deflação para o mês desde o Plano Real
IPCA cai 0,21% em novembro, maior deflação para o mês desde o Plano Real
https://abrilveja.files.wordpress.com/2018/09/brasil-postos-sp-20180911-0002.jpg
Acontece MT
http://www.acontecemt.com.br/2018/12/ipca-cai-021-em-novembro-maior-deflacao.html
http://www.acontecemt.com.br/
http://www.acontecemt.com.br/
http://www.acontecemt.com.br/2018/12/ipca-cai-021-em-novembro-maior-deflacao.html
true
7112361718051245540
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VER TODOS Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por HOME PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy