Desejo do Barcelona negociar Arthur escancara crise dos meio-campistas da seleção brasileira



Em 47 jogos pelo Barcelona, Arthur fez quatro gols e três passes decisivos

A Juventus não vai pagar 80 milhões de euros por Arthur, mas é provável que o negócio aconteça com o meia brasileiro seguindo para Turim como parte do pagamento de Pijanic, desejo do Barcelona. Mas o fato de o Barça insistir em colocar o brasileiro no negócio com a Juve, mesmo um mês depois de Arthur dizer que pretende ficar na Catalunha, evidencia que seu futebol não convenceu os barcelonistas depois de duas temporadas de azul e grená.


O que falta a Arthur é o que também tem desaparecido na maior parte dos meio-campistas da seleção de Tite: agredir. Em 47 partidas pelo Barcelona, 33 como titular, Arthur marcou quatro gols e deu três assistências.


Para quem pensava num jogador capaz de fazer a circulação da bola, mas também ser decisivo em passes e gols, Arthur ficou só na primeira parte. Xavi chegou a ter 25 passes para gols na temporada 2008/09, Iniesta teve 9 gols e 10 passes em 2010/11, ano de tríplice coroa. Na atual temporada, Casemiro tem três gols e dois passes decisivos. É mais do que Arthur.


As comparações com Lucas Paquetá e Coutinho, outras esperanças de Tite para ter um meio-de-campo criativo também são ruins para a seleção brasileira. Paquetá tem 2 gols e 2 passes para gols nas duas primeiras temporadas pelo Milan. A seu favor, o fato de que o time não ajuda. Coutinho fez pelo Barcrelona, em 2018/19, cinco gols e dois passes decisivos. Mais do que Arthur. Pelo Bayern, tem 8 gols e 6 assistências. Mas não convence e será devolvido ao Barça.


A comparação com Thomas Muller (20 passes e 7 gols) é inevitável.


A pergunta não é são bons jogadores. Claro que são. Mas por que os meio-campistas brasileiros não decidem jogos como no passado? O mercado e a realidade dos jogos internacionais dá razão a quem prefere De Bruyne, Toni Kroos, Thomas Muller. O contraponto é o próprio Pijanic. O bósnio, pretendido pelo Barcelona para o lugar de Arthur, tem 3 gols e 2 assistências pela Juventus, líder na Itália.

Postagem Anterior Próxima Postagem