Internada na UTI, policial penal morre vítima da Covid-19 em Cuiabá


Uma policial penal identificada como Rejane Cassia Fialio Jorge, de 40 anos, lotada no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), morreu nesta terça-feira (23), em decorrência do  novo coronavírus.

Ela estava internada Unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Amecor, em Cuiabá e não resistiu às complicações do vírus e foi a óbito nesta tarde.  Rejane atuava no Sistema Penitenciário desde 2004 esse ano completaria 16 anos de serviço prestado para o Estado.

A Secretaria Estado de Segurança Pública (Sesp) lamentou a morte da servidora. Por meio de nota, informou que ela estava afastada de suas funções desde o dia 19 de março. Ela fazia parte do grupo de risco, pois tinha problema renal crônico e estava com baixa imunidade.

A informação repassada para a direção da unidade é de que ela contraiu o vírus há cerca de uma semana, logo que passou mal buscou o hospital, foi para UTI e não resistiu.

O Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sindspen) também lamentou a morte de Rejane. 

“Recentes havíamos recebido um áudio dela falando que iria vencer esse vírus, mas infelizmente ela não resistiu e deixa agora uma imensa dor nos nossos corações. Em menos de uma semana perdemos dois guerreiros do Sistema Penitenciário, primeiro o José agora a nossa querida Rejane. Se antes já estávamos preocupados, agora ainda mais, perder pessoas próximas nos amedronta. Não é fácil guerrear quando não sabemos o momento em que o inimigo ele está próximo. Peço aos policiais penais e servidores do Sistema Penitenciário que tomem os devidos cuidados se previnam”, disse a presidente do Sindspen, Jacira Maria. 

POR: OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem