Prefeitura libera passarela da rodoviária e retira semáforo; medida deverá acabar com engarrafamentos


A Prefeitura de Cuiabá liberou, nesta terça-feira (30), a passarela instalada no fim da avenida Marechal Deodoro, em frente a rodoviária. Com dois elevadores panorâmicos, o empreendimento deverá dar mais segurança na travessia dos pedestres. Por conta disto, os dois semáforos que ficavam no local foram retirados, proporcionando fluidez no trânsito, já que os veículos não precisarão mais parar. Este é considerado um dos essenciais projetos para melhorar a mobilidade urbana da Capital na região central.

A intenção é melhorar o transito no local, que é visto como um dos principais gargalos da capital mato-grossense. Em horário de pico, a fila quilométrica se aproxima da avenida Getúlio Vargas.

“Esta obra representa a melhoria da mobilidade urbana da cidade. Esta é uma das saídas mais movimentadas, que leva a Chapada dos Guimarães, Estrada da Guia e também a diversos condomínios que foram construídos com a expansão do município. É algo com acessibilidade, tem elevadores panorâmicos, tudo muito mais seguro para a população”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro, que esteve no local nesta manhã.

Emanuel ainda aproveitou para pedir que a população cuide da passarela e denuncie caso veja atos de vandalismo.

A passarela irá contar com dois elevadores que vão proporcionar acessibilidade aos usuários, além de garantir maior segurança e ainda desafogar o trânsito na região, principalmente nos horários de pico.

A empresa Lotufo Engenharia foi a vencedora da licitação para prestação do serviço, que tem um valor estimado em R$ 2.517.823,12. A passarela foi construída com valores arrecadados com as multas aplicadas na Capital.

Recentemente, o secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá, Antenor Figueiredo, explicou ao Olhar Direto que “não vai ser apenas a passarela, também fizemos alterações nos pontos de ônibus, que irão para dentro da rodoviária e também diminuímos o canteiro para que o local passe a contar com três pistas, facilitando o tráfego de veículos”.

POR: OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem