Empresário é preso pela Deccor em apartamento de luxo acusado de corrupção


O CEO da empresa de tecnologia digital (Log Lab), Antônio Fernando Ribeiro Pereira, foi preso, em Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (15), pela Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor), em apoio a Polícia Civil de Goiás. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos no apartamento de luxo do alvo, que é acusado de corrupção.

Conforme o apurado pelo Olhar Direto, os policiais da Deccor encontraram no apartamento de alto padrão grande quantidade de dinheiro em espécie (dólar e real). O valor ainda está sendo contabilizado.

A empresa de tecnologia também foi alvo de cumprimento de mandado de busca nesta quarta-feira.

As diligências seguem em andamento por parte da Polícia Civil. Ainda não foi informado se o empresário será recambiado para Goiás. A investigação é da Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), daquele Estado.

A acusação contra os alvos seria de corrupção. Por enquanto, apenas a prisão do empresário foi confirmada. Ele já foi encaminhado ao Instituto Médico legal (IML) para exames de corpo de delito.

Ainda não foram repassados detalhes sobre a investigação, que corre em sigilo por parte da Polícia Civil de Goiás. A empresa de tecnologia tem contratos com diversos órgãos públicos, incluindo prefeituras, governos e assembleias legislativas pelo país.

Corrigida às 11h59

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem