Mesmo com forte atuação da oposição, Assembleia mantém vetos de Mauro Mendes

Foto: Fablício Rodrigues - ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso manteve os vetos do governador Mauro Mendes (DEM) sobre seis projetos de lei "derrubados" pelo Executivo nas últimas semanas. Os deputados debateram as matérias durante a sessão plenária desta quarta-feira (15). 

Mesmo com forte atuação da oposição, nenhum projeto teve mais de 13 votos, com isso a base do governo conseguiu fazer com que projetos vetados fossem arquivados. 

Entre os projetos debatidos estava a liberação do estado para que os familiares pudessem ter o translado de corpos de pacientes vítimas da Covid-19 financiados pelo governo. 

O autor do projeto, o deputado Doutor Eugênio (PSB), ficou muito constrangido com a permanência do veto, tendo em vista que a maioria dos beneficiados seriam familias de baixa renda. 

O deputado Doutor João (MDB), que foi o relator da matéria na Comissão de Saúde, chegou a criticar o governador e o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, por falta de sensibilidade com a população. 

"Não existe o governo negar uma pauta dessa. Será que ninguém da família do governador ou do secretário foi atingido por essa doença? Será que não precisaram ou receberam uma ligação de alguém pedindo que um ente querido fosse enterrado em sua cidade natal? Muito triste por essa reprovação", comentou o deputado. 

Outro projeto derrubado, com 13 votos que aceitaram o veto, foi a transmissão de renda para os alunos da rede pública estadual. O deputado Lúdio disse que não adianta apenas distribuir sacolão. Que essa política é antiga e que o ideal é distribuir renda para que as famílias comprem o que quiser. "Vamos movimentar a renda. Mas o governador prefere tirar foto para o Instagram, mostrando sobre o povo recebe a comida. Política barata", disse o deputado.

POR: OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem