MONITORAMENTO NA CAPITAL - Prefeitura assina contrato de R$ 30 mi com empresas de radares

Empresa deve operar serviço de radares na Capital por 30 meses

Deverão ser implantados pela empresa 170 radares diversos e outros aparelhos

CÍNTIA BORGES
MÍDIA NEWS

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, contratou o Consórcio CMT – Cuiabá Monitoramento de Trânsito – por R$ 30,6 milhões para atuar na gestão e fornecimento dos radares e lombadas eletrônicas.

O consócio deverá prestar os serviços por 30 meses, ou seja 2 anos e meio. A contratação foi realizada na modalidade concorrência pública e a decisão circulou no Diário de Contas no dia 1º de julho.

O Termo de Referência consta que deverão ser implantados pela empresa 170 radares diversos. Sendo 41 radares híbridos de sistema intrusivo, 41 radares híbridos sistema não inclusivo, 26 radares fixos no sistema intrusivo, 62 radares fixos de sistema não intrusivo.

Esse novo contrato é realizado no mesmo valor que o anterior. No entanto, essa nova contratação está mais completa

Serão, ainda, implementadas 32 lombadas eletrônicas, quatro painéis de mensagem móveis para a Semob e dois painéis fixos.

Ainda consta no termo, a locações de 42 câmeras de videomonitoramento - veja detalhes AQUI.

De acordo com a Pasta, o consórcio já vem prestando serviços para a Prefeitura de Cuiabá há seis anos e foi realizado um novo processo licitatório pois o anterior havia vencido.

“Esse novo contrato é realizado no mesmo valor que o anterior. No entanto, essa nova contratação está mais completa e com equipamentos bem mais avançados”, disse o secretário da Semob, Antenor de Figueiredo, por meio de nota.
Postagem Anterior Próxima Postagem