Portugal, Espanha e Inglaterra: o roteiro dos dirigentes do Flamengo em busca do substituto de Jesus

Por Richard Souza — Rio de Janeiro
 

Com a saída repentina de Jorge Jesus do Flamengo, rumo ao Benfica, o clube da Gávea agora busca um substituto capaz de aguentar a pressão de substituir o português que colecionou títulos em 2019 e 2020. E o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, planeja ir ao lado de Bruno Spindel, diretor executivo do departamento, para a Europa nesta semana. No roteiro, paradas em Portugal, Espanha e Inglaterra.
Apesar dessa lógica de encontrar um substituto acostumado à pressão, há um jovem entre os analisados. É Miguel Ángel Ramírez, técnico do Independiente del Valle. O espanhol tem 35 anos.
Marcos Braz jantou com Jorge Jesus no domingo e afirmou que clube terá calma para escolher substituto de Jesus — Foto: André Durão
Marcos Braz jantou com Jorge Jesus no domingo e afirmou que clube terá calma para escolher substituto de Jesus — Foto: André Durão
Marcelo Gallardo, do River Plate, é um nome visto como "excelente", mas a contratação seria das mais difíceis. Ele renovou com o clube argentino até 2021 e, a princípio, não tem intenção de mudar. Marcos Silva e Leonardo Jardim, ambos sem clube, também estão de fato nessa lista. Mas são igualmente complicados. Ambos já sinalizaram que pretendem continuar no mercado europeu.
Um dirigente da cúpula rubro-negra afirmou à reportagem que o clube "abriu o leque intencionalmente", ou seja, avaliará diversos nomes antes de definir os alvos prioritários. Braz, ao deixar o restaurante no qual jantou com Jorge Jesus na noite de domingo, afirmou que o momento é de ter calma para não cometer erros.
- Melhor tomar pressão da imprensa e dos torcedores e escolher com calma do que errar na escolha ou ser menos atento e daqui a quatro ou cinco meses dar algum problema no meio do Campeonato Brasileiro, da Copa do Brasil ou da Libertadores - disse o vice de futebol do Flamengo.
Postagem Anterior Próxima Postagem