RESPOSTA AO GOVERNADOR: Secretário nega fracasso e diz que gestão resgatou obras herdadas de Mauro - leia

Secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho, classificou com lamentável a declaração do governador sobre ação da prefeitura da Capital

O secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho, classificou como “lamentável” a declaração do governador Mauro Mendes (DEM),  que considera as unidades de saúde básica da Capital  “fracassadas”. O ataque aos PSFs, UPAs e policlínicas foi feito para justificar a grande procurar pelo Centro de Triagem da Covid-19 na Arena Pantanal.

O secretário de Saúde lembrou que Mauro, que é antecessor do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na chefia do Executivo municipal, desrespeitou todos os profissionais de saúde que se empenham para atender a população da melhor maneira possível no período de pandemia. Lembrou ainda do desfalque nas equipes por conta dos profissionais que se afastam por fazer parte do grupo de risco ou contrair a Covid-19.

Além disso, Luiz Possas afirmou que a Gestão Emanuel Pinheiro não fez mais pela saúde por resgatar “esqueletos de obras” das gestões anteriores. Isso inclui a Gestão Mauro Mendes (2012-2016).

“A Prefeitura de Cuiabá, mesmo depois da quarentena coletiva obrigatória, continuou melhorando e ampliando a rede básica de saúde, entregando, de junho para cá, as reformas da Clínica de Saúde da Família do CPA 1 com odontologia e hora estendida até às 21 horas, da Unidade de Saúde da Família (USF) Jardim Independência e da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Residencial Ilza Terezinha. Ao todo a gestão atual reformou e climatizou 70% das unidades básicas; realizou a ampliação dos serviços do Consultório na Rua; realizou o remapeamento das micro áreas de abrangência dos agentes comunitários; capacitou todos os agentes comunitários de saúde, que receberam tablets, uniformes novos e protetor solar; implantou o Projeto AMOR (atendimento Rural), cobrindo 100% da zona rural, entre várias outras ações. Apenas neste ano, de janeiro a junho, foram realizadas 141.250 consultas médicas e de enfermagem nas unidades Básicas. No mesmo período foram realizados 276.557 procedimentos em pacientes nos PSFs e Centros de Saúde”, diz trecho da nota divulgada pela Prefeitura de Cuiabá.

Pontua ainda que  Emanuel  entregou, nesta quinta (23), o 1º Centro de Referência para Covid-19 da Atenção Básica, no Centro de Saúde Ana Poupina. Durante a pandemia, o local atenderá em horário estendido até às 21h, exclusivamente pacientes que apresentarem sintomas leves de síndrome gripal. O local oferece teste rápido e teste RT-PCR e também disponibiliza o Kit Covid-19, de acordo com a avaliação médica.

De acordo com Luiz Possas,  na rede básica, desde terça  (21), a Capital conta com a entrega do kit Covid-19 em 15 unidades, visando o tratamento precoce de pacientes com sintomas iniciais da Covid-19.

“Vale lembrar que, em outras redes de Atenção à Saúde, a Prefeitura de Cuiabá zerou a fila de espera por leitos de UTI de pacientes da Covid-19, com a abertura de 40 leitos no Hospital Referência na semana passada, além da abertura da UPA Verdão, como retaguarda para o Hospital de Referência. Se não fosse isso, até hoje a população mato-grossense estaria sofrendo com o colapso na saúde, haja vista a falta de apoio porque passam os municípios do interior, onde o coronavírus tem se proliferado com mais intensidade. Como mostram os noticiários locais, o Centro de Triagem da Covid-19 inaugurado pelo governo do Estado na Arena Pantanal funciona com fila quilométrica formada não somente por cuiabanos, mas também dezenas de moradores de outras cidades da Baixada cuiabana”, completa a nota.

Por fim, a nota ressalta que Prefeitura de Cuiabá valoriza os seus profissionais da saúde, por exemplo, oferecendo apoio psicológico com o programa “Cuidando de Quem Cuida da Gente”, e agradece todo o esforço que tem empregado no combate à pandemia.

Além do titular da pasta de Saúde, assinam a nota Luiz Gustavo Raboni Palma (Adjunto de Assistência em Saúde), Miriam Naschenveng (Diretora de Atenção Básica)Jacqueline Miliosi (Coordenadora Atenção Básica), Frances Olivia Loiola (Coordenadora de Programas Especiais), Wellington Assunção Ferreira (Coordenador de Programas Estratégicos), Jocineide  Neves Santana Carvalho   (Coordenadora da Regional Leste), Creuzinalda Costa Ferreira  (Coordenadora da Regional Oeste),   Gilson Guimarães de Sousa (Coordenador da Regional Norte), Tércio Antônio de Resende (Coordenador da Regional Sul), Marinete Ribeiro (Coordenadora da Regional Rural), Weverton Rayder  (Diretor técnico de Gestão), Renei Lara – (Coordenador de Saúde Bucal), e Lucas Granada (Coordenador de Clínicas Odontológicas).


Postagem Anterior Próxima Postagem