'A gente vai ser muito feliz nessa casa', comemora diarista que aguarda há sete anos por chave


Há sete anos a diarista Eliene Bessa de Sousa, hoje com 46, aguarda pelas chaves de sua casa própria. Contemplada no residencial Nico Baracat, ela participou na última quinta-feira (20) da vistoria de sua residência, e comemorou os últimos passos para conseguir se mudar com os filhos.

As vistorias acontecem até o próximo dia 2 de setembro, por determinação da Caixa Econômica Federal, instituição responsável pela coordenação do programa Minha Casa Minha Vida no qual o residencial está inserido. As visitas são realizadas com o acompanhamento da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, parceira do Governo Federal no processo.

O contrato para a construção do Nico Baracat foi assinado há sete anos. Desde que Emanuel Pinheiro assumiu o mandato, em 2017, estabeleceu como uma das prioridades destravar o processo junto ao Governo Federal para concretizar a entrega das chaves às famílias contempladas.

“É uma imensa felicidade poder realizar junto com a minha gente o sonho da casa própria. A casa da gente é um ambiente para nos sentirmos seguros, para viver o afeto em família, construir boas memórias e por isso eu me dediquei tanto, junto com deputado Federal Emanuel Pinheiro Neto e o secretário Air Praeiro para destravar a entrega do Nico Baracat. Fazer parte desse sonho de tantas famílias é um privilégio que jamais vou esquecer e uma conquista que me orgulha muito como gestor”, declarou o prefeito.

“Eu sempre esperei na glória do senhor, todo mundo desesperado, fazendo passeata e eu sempre deixei na mão de Deus. Ele sabe a hora certa para tudo e veio bem na hora. Veio mesmo na hora. Eu estou muito agradecida a todos que lutaram por nós, dona Benedita, o seu Air Praeiro, todos que ajudaram a realizar o nosso sonho, porque é um sonho”, afirma Eliene.

Ela, que é mãe solo, está com ainda mais dificuldades financeiras neste período de pandemia, já que trabalha como diarista e manicure. “Sempre trabalhei dobrado, sempre tive dois, três empregos, mas as coisas dessa vez foram de mal a pior, porque eu sempre tive minhas unhas e as diárias, e ajuda bastante, a gente vivia bem, mas nessa pandemia eu só estou com a diária e é raro quando aparece uma, porque as pessoas não querem dar serviço por causa disso. Fui dispensada de várias diárias fixas, estou na sorte”, lamenta.

Durante a vistoria, cada morador recebe uma lista com os itens que devem ser verificados. Caso seja observada alguma irregularidade, é feita uma observação na ficha. Depois, o apontamento feito pelo futuro morador é verificado e corrigido pela construtora, garantindo as perfeitas condições do imóvel no ato de entrega e assinatura do contrato.

Por determinação da Caixa Econômica Federal, as vistorias são realizadas em grupo de 20 pessoas por dia, seguindo todas as normas de biossegurança. Após todos os contemplados realizarem a verificação do imóvel é que a instituição financeira irá divulgar uma data para a entrega das chaves e assinatura do contrato.

“Vai fazer uma diferença muito grande essa casa, eu estou feliz demais, vocês não tem ideia. Eu não durmo desde o dia que eu peguei a lista, eu queria vir no dia mesmo e quero mudar já, quero mudar agora. Não tem explicação, eu estou me segurando para não chorar, mas é de alegria, muita felicidade, eu estou explodindo, não vejo a hora de estar aqui arrumando as minhas coisas, que não são muitas, meu mesmo é só a cama e o armário, estou desesperada para saber o que eu vou fazer para arrumar geladeira e fogão, mas as coisas vão se ajeitando”, comemora a diarista.

Em 17 de junho de 2019, a Prefeitura de Cuiabá e a Caixa Econômica Federal entregaram cerca de 400 casas do Residencial Nico Baracat I. Em novembro de 2019, o executivo municipal conseguiu a aprovação da Câmara para realizar aporte de recursos no valor de R$ 5 milhões para a finalização e entrega dos Residenciais Nico Baracat II e III.

A conquista foi fruto de ação do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro e do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, que trabalhou em Brasília nas negociações junto ao Governo Federal e Caixa Econômica Federal. A proposta havia sido assinada pelo prefeito no dia 21 de outubro e sido encaminhada à Casa de Leis Municipal de Cuiabá logo em seguida para votação.

Residencial Nico Baracat III

A Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária ampliou as linhas de telefone para que os sorteados do Residencial Nico Baracat III, que ainda não compareceram entrem em contato para dar andamento na montagem do processo documental.

Agora, são cinco canais de contato. A Pasta só irá finalizar o chamamento quando todos os sorteados forem contatados. O dossiê será enviado à Caixa Econômica Federal, gestora do Programa Minha Casa Minha Vida, para finalização do processo.

“Precisamos que os contemplados do Residencial Nico Baracat III entrem em contato conosco para finalizar seus processos. Só assim poderemos finalizar esta etapa e então aguardar as orientações da Caixa Econômica Federal, rumo a entrega do Nico III”, declarou o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Air Praeiro.

A Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária está com atendimento não-presencial em razão da pandemia do novo Coronavírus. Para dúvidas e informações, a população pode entrar em contato pelos telefones (65) 99287 9055, (65) 99291 0744, (65) 99300-5082, (65) 99297-0832, (65) 3313 9600, de segunda a sexta, das 8h às 12h.


OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem