Botelho irá votar para composição do DEM com PSDB, garante Nilson Leitão


Motivo das desavenças recentes no Democratas, o pré-candidato ao Senado Nilson Leitão (PSDB) revelou que terá o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), durante a convenção, para que o partido firme a coligação com o PSDB para a disputa da eleição suplementar.

O DEM segue dividido entre a ala ‘maurista’, que pretende apoiar a candidatura do vice Otaviano Pivetta (PDT) e a ala comandada pelos irmãos Campos, que já anunciou apoio a Leitão, inclusive com o ex-governador Júlio Campos na 1ª suplência.

Botelho, que não tem se manifestado publicamente sobre o assunto, indica que irá estar no palanque de Pivetta, porém, segundo Leitão, ele assegurou que irá votar pela coligação com Leitão durante a convenção.

“Já tenho o apoio declarado do Jayme, do Júlio, do Dilmar e o próprio Botelho que individualmente apoia o Pivetta, já declarou que na convenção, ele como convencional e os convencionais que ele lidera, votará para coligação comigo”, explicou ao Olhar Direto.

O DEM, a princípio, tinha o plano de lançar a candidatura de Júlio Campos para a suplementar e as divergências no partido iniciaram com a recusa de Mauro Mendes em apoiar o correligionário, para cumprir um acordo com Carlos Fávaro feito na eleição de 2018.

Após a suplementar ser adiada por conta da pandemia do novo coronavírus, Júlio Campos que faz parte do grupo de risco, recuou e se aproximou de Nilson Leitão, que ofereceu a 1ª suplência.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem