Empresário, delegado e policiais são alvos de operação que investiga pessoas desaparecidas


Lenine Martins



Investigação está sob responsabilidade da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO)

Jefferson Oliveira


Uma operação desencadeada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), está sendo realizada na manhã desta quinta-feira (27) em Mato Grosso e Tocantins. Ela apura os crimes de homicídio contra seis pessoas, cárcere privado, constituição de milícia privada, corrupção ativa e passiva. 

Nomeada de “Operação Insídia”, os policiais dão cumprimento a diversos mandados de prisão e buscas e apreensão contra os envolvidos, que são investigados desde o dia 18 de abril, quando seis pessoas desapareceram no município de União do Sul (660 km de Cuiabá), e durante as buscas pelas vítimas foram encontrados diversos veículos com perfurações, estojos, munições, além de manchas de sangue e objetos pessoais, sem qualquer registro ou informação do que teria acontecido em uma fazenda no município.

Após a realização de dezenas de diligências, perícias técnicas, buscas pelos corpos, oitivas de testemunhas e de pessoas envolvidas, as investigações apontaram para a execução de pelo menos seis pessoas, seguidas da ocultação dos respectivos cadáveres. Entre as vítimas está um funcionário da fazenda que trabalhava no local onde o fato ocorreu. 

Até o momento, quatro pessoas foram presas, entre elas um empresário e produtor rural, três policiais militares da ativa além de ser cumprido um mandado judicial de busca e apreensão na residência de um delegado de Polícia, no município de Sinop (500 km da Capital). As prisões temporárias foram decretadas pelo juízo da comarca local, com prazo de trinta dias, podendo ser prorrogadas por igual período.

As ações foram realizadas com apoio da Gerência de Operações Especiais (GOE), Corregedoria da Polícia Civil de Mato Grosso, Polícia Civil do Estado de Tocantins e Corregedoria da Polícia Militar de Mato Grosso, e as investigações seguem em andamento.

Postagem Anterior Próxima Postagem