Higuaín, Luis Suárez, Cavani e Ibrahimovic: atacantes de peso que ainda estão sem futuro certo

Por Redação do ge — Rio de Janeiro
 
Higuaín, Luis Suárez, Cavani e Ibrahimovic: atacantes de peso que ainda estão sem futuro certo
Infografia ge
Quatro dos centroavantes mais caros e mais goleadores do futebol internacional na última década, Higuaín, Suárez, Cavani e Ibrahimovic se encontram no momento sem futuro definido para a próxima temporada. Enquanto os atacantes sul-americanos foram dispensados por seus clubes, o sueco ainda não decidiu se continua ou não no Milan. Juntos, eles somaram apenas 50 gols na campanha 2019/20 na Europa.
A notícia de que Higuaín estava sendo dispensado pela Juventus veio logo na primeira entrevista coletiva do novo técnico, Andrea Pirlo. O clube italiano deve negociar o atacante argentino de 32 anos nesta janela de transferências. Ele foi contratado pela Juve em 2016, por 90 milhões de euros (R$ 322,5 milhões na época) - terceira negociação mais cara da história até aquela data. O vínculo vai até junho de 2021.
Higuaín defendeu a Juventus em três temporadas, foi emprestado ao Milan e depois ao Chelsea em 2018/19. Ele disputou 149 jogos oficiais pelo time de Turim e marcou 66 gols. Foi eleito o melhor jogador da equipe em 2016/17 e 2017/18. Mas na última campanha foram apenas 11 gols em 44 partidas (titular em 28, reserva em 16).
Higuaín é o único jogador a marcar mais de 100 gols (113) na Serie A italiana nas últimas sete temporadas, sem contar pênaltis.
Mesmo dispensado por Pirlo, Higuaín segue treinando na Juventus — Foto: Getty Images
Mesmo dispensado por Pirlo, Higuaín segue treinando na Juventus — Foto: Getty Images
Situação semelhante vive Luis Suárez no Barcelona. O uruguaio declarou que poderia passar para a condição de reserva na reformulação do time, mas também foi informado pelo novo técnico, Ronald Koeman, que não faz mais parte dos planos. Suárez é o terceiro maior goleador da história do Barça, com 198 gols em 283 jogos. Hoje com 33 anos, ele tem contrato com o clube até junho de 2021.
Suárez custou cerca de 82 milhões de euros ao Barcelona para tirá-lo do Liverpool, em 2014.
Suárez lamenta a eliminação do Barcelona para o Bayern de Munique, na Champions — Foto: Getty Images
Suárez lamenta a eliminação do Barcelona para o Bayern de Munique, na Champions — Foto: Getty Images
Desde a sua chegada ao Barcelona, em julho de 2014, a última temporada foi a pior em termos de gols (21) e jogos (36). Suárez teve duas lesões complicadas em 2019/20. A primeira em agosto do ano passado, na musculatura da perna direita, que o tirou de ação por um mês. Depois a pior, em janeiro deste ano, no joelho da mesma perna, e precisou ser operado. Ao todo, ficou 180 dias afastado dos jogos.
Bomba! Messi comunica diretoria do Barcelona que deseja sair do clube
--:--/--:--
Bomba! Messi comunica diretoria do Barcelona que deseja sair do clube
Seu companheiro de ataque na seleção do Uruguai, Edinson Cavani foi comunicado pelo Paris Saint-Germain que teria de ir embora muito antes da temporada se encerrar. O centroavante poderia ter estendido o contrato com o clube para a disputa da Liga dos Campeões, mas recusou a oferta. Desde que ficou livre, Cavani também não se acertou com o Benfica e rejeitou proposta da Juventus, segundo a "Sky Sports".
O atacante deixa o PSG pela porta dos fundos depois da sua pior temporada em mais de 10 anos. Ele disputou apenas 22 jogos (titular em 12, reserva em 10) e marcou sete gols em 2019/20. Números bem abaixo de quando foi o artilheiro do Campeonato Francês, em 2016/17 e 2017/18, com 35 e 28 gols, respectivamente. Cavani chegou a Paris em 2013, por 63 milhões de euros (R$ 165 milhões na época). Ele é o maior artilheiro da história do clube, com 200 gols em 301 partidas.
Hoje com 33 anos, Cavani não marcava menos de 20 gols desde a temporada 2009/10, a última pelo Palermo, em que fez 15 em 37 jogos.
Ao lado de Neymar, último jogo de Cavani pelo PSG foi a vitória sobre o Borussia Dortmund — Foto: Getty Images
Ao lado de Neymar, último jogo de Cavani pelo PSG foi a vitória sobre o Borussia Dortmund — Foto: Getty Images
Dos quatro, o que vive situação mais confortável é justamente o mais veterano, Ibrahimovic. O contrato do sueco de 38 anos com o Milan vai até o dia 31 de agosto, mas é grande a chance de renovar - o agente dele, Mino Raiola, nega que isso já esteja resolvido. A permanência dele seria fruto do bom desempenho na última temporada, em especial na reta final do Campeonato Italiano, em que anotou sete gols em 10 jogos.
Melhores momentos de Milan 4 x 2 Juventus pelo Campeonato Italiano
--:--/--:--
Melhores momentos de Milan 4 x 2 Juventus pelo Campeonato Italiano
Ibrahimovic retornou ao futebol europeu após dois anos no LA Galaxy, dos Estados Unidos. Se somados os jogos em 2019 na Major League Soccer, que tem calendário diferente, com os disputados pelo Milan em 2019/20, ele registrou 42 gols em 51 partidas na última temporada.
Ibrahimovic curtiu parte das férias na região da Sardenha, na Itália — Foto: Getty Images
Ibrahimovic curtiu parte das férias na região da Sardenha, na Itália — Foto: Getty Images
Postagem Anterior Próxima Postagem