MP deve enviar celular para os EUA e recuperar mensagens apagadas de namorado de atiradora

Mensagens no celular foram apagadas pelo namorado de atiradora
O MP deve solicitar o envio do celular dos adolescentes G., de 16 anos, e B.O.C, de 14 anos, para os Estados Unidos, para que as mensagens de Whats App, apagadas pelo menor no dia do crime sejam recuperadas.
G. é namorado de B., responsável pelo disparo que matou Isabele Guimarães no Alphaville, de 14 anos, no último dia 12 de julho. Membros da investigação, segundo fontes da coluna, buscam ainda uma empresa no Brasil antes de enviar os aparelhos para os EUA. Caso não haja no país o serviço, o Iphone e o Samsung recolhidos serão periciados na terra do Tio San. 
 teve acesso a conversas não apagas do adolescente G. com o irmão. A conversa entre ele e o irmão ocorre após a morte da adolescente. Em um trecho, se referindo a Isabele, esqueceu de apagar a frase, "...aí tomo" (sic).  As conversas ocorreram entre os dias 12 e 14 de julho.
O irmão mais velho de G. aconselha que ele apague as conversas e tire print (um registro da tela do celular) do essencial, para que não coloquem a culpa nele.
Também há um registro de uma mensagem enviada para B.O.C, no qual ele pergunta, por volta das 22h14, se realmente havia acontecido algo na casa. O namorado já disse em depoimento que foi ele que levou a arma até a casa da namorada e que, antes da tragédia, a adolescente não percebeu que ele havia colocado o carregador com balas na pistola.


REPORTERMT
Postagem Anterior Próxima Postagem