PM aborda 300 pessoas apreende arsenal de armas e recupera veículos em 24 horas de operação

Um suspeito de comercializar armas de fogo no município foi preso com sete armas de fogo e munições. - Foto por: PMMT

Oito armas de fogo foram apreendidas e  300 pessoas foram abordadas nas primeiras 24 horas da Operação Ostensividade, Saturação e Prevenção da Polícia Militar em Várzea Grande. Ação lançada na tarde desta segunda-feira (17). Com mais de 100 policiais nas ruas, o reforço policial  seguirá até o mês de outubro.  
Coordenada pelo 2º Comando Regional da PM, a operação conta com policiais militares do 4º e 24 º batalhões, Força Tática e as unidades do policiamento especializado: Rotam, Cavalaria, Batalhão de Proteção Ambiental, Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário que já no primeiro dia da ação retiraram de circulação  armas de fogo, drogas e deteram àqueles que agem contra a ordem pública. 
Logo no início da noite, a Força Tática prendeu um suspeito de 28 anos denunciado por comercializar armas de fogo e munições na região. O suspeito foi localizado e abordado pela PM em um posto de combustível na Avenida Mário Andreazza. De posse de um revólver calibre 32 dentro do carro, o homem  tentou fugir da abordagem policial, mas foi pego em flagrante. 
Durante a diligência, a PM seguiu até a casa do suspeito no bairro Terra Nova, onde os policiais apreenderam 72 munições e sete armas de fogo; duas espingardas de pressão adaptadas para calibre 22, uma espingarda Gauge, um revólver Taurus calibre 32 e duas armas de fogo artesanal. Uma das armas estava na casa de outro homem (não localizado) que havia sido emprestada pelo suspeito.  A polícia prendeu o homem por resistência e porte ilegal de arma de fogo. 
A PM saturou 20 locais de difícil acesso como vielas, ruas pouco movimentadas e principalmente endereços apontados pela análise criminal como vulneráveis e suscetíveis a práticas delituosas. Foram abordadas cerca de 300 pessoas e 120 veículos passaram pela checagem policial; 12 veículos foram apreendidos e 29 notificações foram aplicadas a condutores por irregularidade veicular. 
Nas abordagens, os policiais recapturaram duas pessoas foragidas da justiça e apreenderam seis porções de pasta base e uma porção ácido bórico, substância utilizada no refino de entorpecentes.
Três pessoas foram presas e 17 ocorrências policiais foram registradas pelos policiais que trabalham na operação. Os policiais recuperaram dois veículos, um deles foi localizado por volta das 22h, na Comunidade Vista Alegre, uma caminhonete S10 que havia sido furtada no último domingo (16) , no bairro 13 de Setembro.
A caminhonete estava escondida em um matagal quando policiais realizam o patrulhamento rural na região recuperaram o veículo. O proprietário da S10 não foi localizado pela PM no momento da ocorrência, mas o veículo foi entregue à Polícia Judiciária Civil que fará o contato com a vítima para devolver o automóvel. 
O comandante do 2º CR, coronel José Nildo ressalta que o policiamento segue atendendo as demandas diárias e que a operação vem para intensificar ainda mais o policiamento ostensivo. O militar destaca que o cidadão pode denunciar e colaborar com a ação policial também quando se deparar com uma viatura policial ou o efetivo nas ruas. “Contamos com as denúncias da população, que se juntam aos trabalho dos setores de  análise criminal e inteligência da PM para combater o crime. Pedimos a sociedade que colabore com as abordagens, prestem as devidas informações as polícias, acatando ordens legais e cuidando de sua segurança pessoal e também da segurança coletiva. Todos saímos ganhando agindo assim e podemos varrer a criminalidade com ainda mais rigor”, destaca o coronel José Nildo.  
A operação da Polícia Militar em Várzea Grande e nos municípios entorno seguirá até o dia 12 de outubro. A população pode contribuir com informações e denúncias via 190 ou pelo 0800.65. 3939; a ligação é gratuita e o cidadão não precisa se identificar. 

Fonte:   Greyce Lima | Secom - MT
Postagem Anterior Próxima Postagem