PM acompanham servidores da Funai e encontram extração ilegal de madeira em terra indígena



Maricelle Lima Vieira | PMMT

Policiais militares da 2ª Companhia de Comodoro (a 644 km de Cuiabá) prenderam nesta sexta-feira (21.08), seis homens por crime ambiental, invasão de terra indígena e porte ilegal de arma de fogo.

Os policiais acompanhavam os técnicos da Fundação Nacional do Índio (Funai) durante a Operação Proteção Indígena, no combate e controle da Covid-19 – e foram informados da extração ilegal de madeira na Reserva Indígena Vale do Guaporé.

No local, os policiais encontraram um dos suspeitos e confirmaram a denúncia. Ele acompanhou a vistoria no barraco do bando onde estava uma espingarda calibre 28, com duas munições, três motosserras,  duas engraxadeiras e uma máquina de solda.

Durante o procedimento, chegaram mais cinco homens em uma caminhonete e disseram que estavam extraindo madeira da espécie aroeira ilegalmente.

Com a localização, a equipe foi até o ponto e viram que as madeiras já estavam processadas e prontas para serem retiradas do local. No espaço estava um trator da marca Ford, modelo indefinido.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.
Postagem Anterior Próxima Postagem