Prefeito deve decretar lockdown mais rígido e proibir pessoas de saírem de casa após aumento de casos


O prefeito de Cáceres (220 quilômetros de Cuiabá), Francis Maris Cruz, deverá decretar um novo lockdown (fechamento total) na cidade nos próximos dias, desta vez mais rígido, para conter o avanço dos casos, que dobraram nos últimos dias. A intenção é proibir que as pessoas saiam de suas casas e baixar a porta até de farmácias, que atuariam somente por delivery. A situação é bastante grave, conforme o chefe do Executivo. A cidade tem 1.269 casos confirmados da doença e 63 óbitos.

“Dobrou o número de infectados por semana. Passou de 100 para 200. O número de óbitos cresceu muito, quase que dobrou também, é uma situação de calamidade, bastante grave. Por mais que peçamos para que a população se aglomere, não adianta. Existem aglomerações nas praias, agências bancárias, desrespeito às medidas”, disse Francis em entrevista ao Olhar Direto.

O Ministério Público Estadual, em reunião do Comitê de Crise na quinta-feira (27), recomendou a adoção de um novo lockdown na cidade, desta vez ainda mais rígido, o que deverá ser adotado pelo prefeito.

“A intenção é fechar tudo, inclusive contar com a polícia para que não deixe as pessoas saírem de casa. Não adianta deixar todos fazendo festinhas, rodas de tereré, narguilé. Tudo isto contamina. O jovem é o principalmente disseminador da doença, dificilmente são internados, mas são os que levam a Covid-19 para casa, para os pais e avós”, explicou o prefeito.

Bastante irritado com a atitude da população, Francis afirma que não seriam necessários decretos de governadores, prefeitos e do presidente se houvesse conscientização. “As pessoas só precisavam se cuidar, ter consciência, utilizar máscara, não aglomerar. O fechamento nem seria necessário se tivesse compreensão”.

No dia 1º de setembro, uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) será inaugurada na cidade, que contará com dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para auxiliar no combate ao novo coronavírus.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (27.08), 88.385 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 2.707 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. 

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (17.859), Várzea Grande (6.865), Rondonópolis (6.167), Lucas do Rio Verde (4.431), Sorriso (4.258), Tangará da Serra (3.837), Sinop (3.432), Primavera do Leste (2.711), Nova Mutum (1.888) e Campo Novo do Parecis (1.817).

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem