PSD lança grão-mestre da Maçonaria como pré-candidato a prefeito de Cuiabá


O empresário e atual grão-mestre das Grandes Lojas da Maçonaria em Mato Grosso, Geraldo Macedo, foi lançado pré-candidato a prefeito de Cuiabá pelo o PSD. O anúncio foi feito nesta terça-feira (11), seguindo uma determinação da Executiva Nacional do partido de ter uma candidatura própria.

O partido já havia definido em resolução a exigência de candidaturas próprias nas capitais e nos municípios com mais de 100 mil eleitores, além de cidades geradoras de televisão.

Macedo, que em 2018 estreou na política ao disputar como 1° suplente na chapa de Carlos Fávaro para o Senado, é também, presidente do PSD em Cuiabá e terá a missão de articular a chapa de vereadores, além das alianças para a disputa majoritária.

"Trabalhamos arduamente para reestruturar o PSD em Cuiabá. O diretório municipal tem autonomia para construir uma candidatura majoritária e discutir o melhor projeto para a nossa cidade. Precisamos transformar, cada vez mais, Cuiabá em um centro de serviços, tecnologia, educação e turismo. Fazendo com que a riqueza gerada possa chegar às pessoas. E preciso ter uma gestão mais humanizada, comprometida com a ética, eficiência e economicidade com os gastos públicos. É possível fazer mais!", destaca o pré-candidato. 

"O partido ampliou e consolidou a sua base em Cuiabá, tornando-se uma sigla orgânica em vários setores, como no comércio, no movimento comunitário, entre outros. A nossa expectativa é dobrar ou triplicar a nossa representatividade no parlamento cuiabano", disse Macedo.

Outro desafio do partido no pleito deste ano é a eleição suplementar para o Senado Federal. De acordo com o Macedo uma das prioridades do PSD é eleger o senador interino Carlos Fávaro. 

"O PSD é um partido forte e atuante em todos os 141 municípios do nosso estado. Estamos coesos na missão de eleger Fávaro senador. Ele demonstrou seu compromisso e competência para exercer o cargo e defender os interesses do estado e do povo mato-grossense no Congresso Nacional", frisa o dirigente do PSD.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem