Sem garantias de que estará com Medeiros, Selma chama Moraes de amigo e indica possível apoio


Desaparecida das suas redes sociais desde que perdeu o mandato no mês de abril, a senadora cassada Selma Arruda (Podemos) compartilhou um vídeo feito pelo empresário e pré-candidato a sua vaga no Senado, Reinaldo Moraes (PSC), criticando a atuação do interino Carlos Favaro (PSD), por ele ter votado contra a redução de juros do cartão de crédito e cheque especial, durante a pandemia, em matéria analisada pelo Senado na semana passada.

Sem indicativos de que estará no palanque do deputado federal José Medeiros, que é de seu partido, a senadora cassada, com o compartilhamento do vídeo, aponta que pode apoiar Moraes, a quem ela chamou de amigo, para ocupar a vaga que ela deixou.

“Meu amigo Reinaldo Morais, publicou esse vídeo hoje, sobre o senador biônico de MT que votou contra reduzir os juros do cartão de crédito e do cheque especial durante a pandemia. Se você também não aceita que alguém que você não elegeu use o mandato para defender banqueiros, curta e compartilhe”, publicou a juíza aposentada.

Exonerada do Senado em abril, Selma se tornou presidente do Podemos em Cuiabá e tem em seus planos trabalhar na candidatura do pré-candidato à prefeitura da Capital, Abílio Junior, além de construir uma chapa de vereadores, que já conta com as pré-candidaturas dos já vereadores Wilson Kero Kero, Dilemário Alencar e do policial federal Rafael Ranalli, que em 2018 teve mais de 33 mil votos, quando disputou pelo cargo de deputado federal.

Sem pretensão, a princípio, de voltar a disputar um cargo público, desde sua saída do Congresso Nacional, a senadora cassada já anunciou que em paralelo ao trabalho no Podemos, pretende retomar sua carreira na advocacia.

A eleição suplementar para o Senado, inclusive, irá acontecer no mesmo dia das eleições municipais, em 15 de novembro, por conta das orientações de isolamento e pelos outros problemas causados pelo novo coronavírus.


OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem