Aquisição de veículos eleva patrimônios de Abílio de Wellaton durante primeiro mandato


 

Os vereadores de primeiro mandato Abílio Junior (PODE) e Felipe Wellaton (Cidadania) tiveram aumento de seus patrimônios, segundo os dados apresentados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Proporcionalmente, Abílio teve o maior aumento, de mais de 1200%. No entanto, Wellaton teve o maior aumento real, de R$ 158.754,32.


Leia também:
Casa do Alphaville, Hilux e conta no exterior: Coronel Fernanda declara bens ao TSE

Em 2016, quando lançou sua candidatura a vereador, Abílio declarou que tinha somente uma motocicleta Flash Mvactio no valor de R$ 6.982,50. Desta vez, já possui também, além da moto, um Jeep 2018 (financiado) e uma poupança no Santander. O patrimônio foi para R$ 92.500,00.

Já o candidato a vice-prefeito, Felipe Wellaton, tinha em 2016 um apartamento no bairro Quilombo, que valia R$ 261.844,78, e uma participação em empresa como sócio, no valo de R$ 100 mil.

Desta vez, o vereador também declarou mais dois carros, sendo um de mais de R$ 130 mil, e o valor da conta bancária. O total dos bens foi para R$ 520.699,10. Abílio e Wellaton formam a chapa que vai concorrer à prefeitura de Cuiabá nas eleições municipais de 2020. É obrigatório, por este motivo, declarar os bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Perdeu dinheiro

Enquanto Abílio e Wellaton enriqueceram nos últimos dois anos, a candidata do PROS à prefeitura Gisela Simona, perdeu cerca de R$ 30 mil em dois anos. Em 2018, ela, quie ficou como suplente de deputado federal nas últimas eleições, tinha pouco mais de R$ 397 mil. Desta vez, foram declarados cerca de R$ 367 mil, sendo uma casa e três carros.

O candidato a vice-prefeito na chapa de Gisela, maestro Fabrício Carvalho (PDT), declarou R$ 472.200,00, sendo dois apartamentos, uma casa, e um Citroen C4.  

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem