Empresária faz denúncia de agressão contra advogado e desabafa nas redes sociais; vídeo

REPRODUÇÃO

Ex-namorada do advogado Cleverson Campos Contó, que está sendo acusado de ter agredido física e psicologicamente um grupo de mulheres de Cuiabá com quem se relacionou, a empresária Mariana de Mello Vidotto, comentou o assunto em sua conta no Instagram, neste sábado (5). Em nota, a defesa do de Cleverson negou as acusações e afirmou que própria Justiça já deferiu pedido para que a empresária retirasse de suas redes sociais videos que seriam difamatórios contra ele.


De acordo com a empresária, o jurista a agrediu de todas as formas e a ameaçou várias vezes durante e depois do relacionamento que teve com ele. Ela também agradeceu as outras vítimas que estão entrando em contato com ela com a intensão de também denunciar o advogado.

“Sofri todo tipo de agressões, ameaças. Ele fez boletim de ocorrência, ficha-crime para poder me parar, inventou um monte de coisa. Hoje agradeço que as vítimas se reuniram por causa desta ferramenta maravilhosa, pois honestamente sozinha não conseguimos fazer nada”, disse.

Os casos de agressão do advogado ganharam repercussão após entrevista de duas das vítimas à Rádio Nativa FM nesta sexta-feira (4).

Na entrevista, uma das vítimas disse ter desmaiado durante as agressões. "Tive vários tipos de doenças e sofri todo tipo de violência, fui enforcada, quase morri duas vezes, desmaiei. Agressões sexuais, a gente tem vergonha de falar, mas é estupro marital mesmo, xingamentos, ameaças de morte”.

Além disto, as vítimas pontuam que ele se usaria da prática de registrar boletins de ocorrência falsos. "Ele tem uma conduta. Ele ameaça. Ele grava vídeos de sexo escondido e depois usa para ameaçar. Ele tem vários boletins de ocorrência. A gente percebe que esse é o problema: quando ele bate, ele processa e, como o sistema judiciário não é interligado, a pessoa não vai lá e pesquisa todo o histórico que ele tem. Todo mundo tem muito medo.

Em um dos vídeos, divulgado pelo site Repórter MT, é possível ver os xingamentos proferidos pelo advogado contra uma das vítimas. (veja no fim da matéria)

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), de Mato Grosso, até o momento não se manifestou sobre o assunto.

Em nota, a defesa de Cleverson negou as acusações e afirmou que a própria Justiça já deferiu pedido para que a empresária retirasse de suas redes sociais videos que seriam difamatórios contra ele.

Confira a nota na íntegra:

A defesa de pronto nega veementemente qualquer acusação de abuso psicológico, físico ou emocional contra a pessoa de Cleverson Campos Contó, principalmente, em se tratando da Srta. Mariana Vidotto, pois se trata de ex-relacionamento conturbado e que foi matéria de discussão judicial, posto que foi proposta em abril do corrente ano, em desfavor de Mariana Vidotto, Queixa-Crime com pedido Liminar, sendo que favoravelmente foi deferida a tutela de urgência, para que a Srta. Mariana Vidotto retirasse de sua rede social 03 (três) vídeos de conteúdo difamatório, além de se abster de propagar qualquer imputação ao Sr. Cleverson, estando o referido processo sob segredo de justiça.

Att. Amir Amiden e Rodrigo Leite.




Atualizada às 17h33





OLHA DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem