'Esquerda pode degolar o Bolsonaro' que não é problema, diz Barbudo rebatendo críticas




O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) minimizou as críticas que recebeu depois de dizer que o bispo Pedro Casaldáliga havia “desencarnado pro inferno”, logo após sua morte no último dia 8 de agosto. Segundo ele, a esquerda pode “degolar o Bolsonaro e jogar bola com a cabeça dele, e quando me refiro a alguma pessoa que já se foi é um problema”.

Leia também:

Casaldáliga é conhecido mundialmente por conta de suas batalhas e defesas em prol dos menos favorecidos. Na região do Araguaia ele tem um trabalho prestado a favor de indígenas, quilombolas e sem terras. Na Pastoral da Terra, ele tem trabalho prestado e reconhecido até pelo Vaticano. Recentemente, assinou uma carta contra o presidente Jair Bolsonaro, citando que o Governo Federal se omite pelos mais pobres. Ele morre no dia 8 de agosto, após ser levado para o interior de São Paulo, acometido por uma forte pneumonia.

Depois da morte, Barbudo afirmou, em entrevista ao site ‘O Bom da Notícia’: "O bispo desencarnou no inferno há poucos dias. Ele desencarnou, o capeta que o tenha em um bom lugar. Pois lugar de comunista pra mim é no inferno", disse o político aos jornalistas Edivaldo Ribeiro e Marisa Batalha.

Com esta declaração, o deputado recebeu moção de repúdio na Assembleia Legislativa, além de uma série de críticas. Na manhã desta sexta-feira (18), durante visita do presidente Jair Bolsonaro a Sinop (500km de Cuiabá), ele minimizou as respostas.

“Aquilo foi opinião minha. Eu não desejei a morte de ninguém, mas depois de morto cada um vai para o lugar que quer. Nunca disse que queria que ele morra. Eu odeio o Lula e nunca declarei que quero ver ele morto”, afirmou.

“Tem as pessoas que entendem o trabalho dele como bom e tem as pessoas que entendem como mal. Eu acho que exagerei, não precisava falar aquilo, só que a esquerda pode degolar o Bolsonaro e jogar bola com a cabeça dele e quando me refiro a alguma pessoa que já se foi é um problema”, completou o deputado.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem