Frical diz que Jayme está ‘desesperado’ porque vai deixar a prefeitura depois de mais de meio século


 

O empresário Flávio Frical, candidato à prefeitura de Várzea Grande pelo PSB, lamentou as críticas feitas pelo senador Jayme Campos (DEM) na manhã desta segunda-feira (28), e afirmou que o democrata está desesperado porque terá que “deixar a prefeitura depois de meio século”.


Leia também:
Jayme acusa Frical de colocar empresas em nome de laranjas: “um dos maiores fraudadores do fisco”

A fala de Jayme aconteceu no Palácio Paiaguás. Na ocasião, ele citou um processo que acusaria Frical de ter um laranja como dono de sua empresa, além de dizer que o opositor político sonega impostos e já foi acionado em dezenas de processes trabalhistas.

Para Flávio, esta é uma estratégia do senador sempre que é questionado sobre os problemas de Várzea Grande, quando tenta desviar o foco. Flávio lembrou, ainda, que em agosto foi ameaçado por Júlio Campos, dizendo que ele tinha que pensar bem se queria mesmo ser candidato, pois estavam fazendo um material grande contra a pessoa dele.

“A família Campos está desesperada, vendo que estão perto de perder a eleição e deixar a prefeitura depois de meio século. A população entendeu que Várzea Grande parou no tempo com a gestão que está aí, e que vive de maquiagem”, declarou o candidato.

Em indireta a Jayme Campos, Flávio lembrou que todas as conquistas da vida dele foram devido a iniciativa privada, sem precisar ocupar cargo público para ganhar dinheiro. “Ao contrário de algumas famílias, que precisa do Poder público para expandir a sua riqueza. Eu não dependo da política, eles dependem”, completou.

Por fim, o empresário voltou a pedir que a campanha em Várzea Grande seja centrada em propostas para resolver os principais problemas da cidade. Segundo ele, a sociedade não quer saber de baixaria, e sim de soluções para melhorar suas vidas.

“Hoje pela manhã estive com especialistas conversando sobre como fazer para a água chegar para toda cidade de Várzea Grande, quero discutir um novo modelo de transporte público, resolver a Avenida da FEB, ao invés de ficar de picuinha com Jayme Campos”, finalizou.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem