INFERNO DE DANTE: Capital pode chegar a 47 graus; calor bate recorde em MT


 


Clima tempo aponta forte onda de calor se espalhando sobre o Brasil e situação continuará anormal até 8 ou 9 de outubro



O município de Nova Maringá (400 km ao médio-norte de Cuiabá), registrou, nesta terça-feira (29), uma temperatura considerada muito acima do normal, atingindo os 43,4 graus. Esta temperatura está entre as mais altas já registradas pelo Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) no país. O recorde de calor no Brasil até o momento, pelos registros do Inmet, é de 44,7°C, em Bom Jesus do Piauí, em 21/11/2005.

Mas os termômetros não ficaram lá nas alturas só em Nova Maringá. Poxoréu registrou 42,5 graus, Cuiabá 42,4 graus, Rondonópolis 42,2 graus.

Mais cinco municípios mato-grossenses tiveram temperatura acima dos 41 graus na terça-feira: Querência (41,8), Canarana (41,7), Diamantino (41,4), Guiratinga (41,4), São Félix do Araguaia (41,1). 

E mais de 40 graus foi registrados em Porto Estrela (40,8), São José do Rio Claro (40,8), Gaúcha do Norte (40,5), Cáceres (40,4) e Serra Nova Dourada (40,1).

Os dados são do Clima Tempo que aponta ainda uma forte onda de calor se espalhando sobre o Brasil.

Nesta quarta-feira (30),  o calor de 40 graus ou mais volta a ser registrado nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí, Bahia, Minas Gerais e São Paulo. Também podem registrar temperaturas de 40°C ou mais os estados do Pará, Maranhão e Paraná.

De acordo com o Clima Tempo, esta onda de calor vai persistir até pelo menos 8 ou 9 de outubro de 2020 e recordes históricos de calor poderão ser quebrados em alguns estados. Em Cuiabá os termômetros podem registrar históricos 47 graus já neste fim de semana. 

 

Postagem Anterior Próxima Postagem