Mulheres de biquíni em conversível causam confusão em balada


 

Em meio à pandemia da covid-19, a Rua Dias Ferreira viralizou novamente nas redes sociais pelo mau exemplo. Um vídeo, que circula por diversas redes sociais neste sábado, mostra duas mulheres de biquíni dançando em um conversível na via famosa do Leblon, na Zona Sul do Rio. O episódio provocou confusão. Uma arquiteta, sentada em um restaurante, atirou garrafas de água dentro do veículo. Uma das moças desceu e revidou com socos contra ela. Então, um homem, que estava coma vítima da agressão, retirou a parte de cima do biquíni da jovem. Nenhum dos envolvidos na briga usava máscara. A cena foi divulgada em vídeo aqui.

De acordo com os relatos, o que provocou incômodo, em que estava na Dias Ferreira, foi o fato das duas mulheres e o motorista do conversível, um homem, trocarem beijos enquanto o trânsito estava parado na via. “Os três estavam fazendo preliminares, parecendo um filme pornô bem ali na nossa frente, de camarote”, escreveu a arquiteta em uma rede social. 

Nas imagens, é possível os três dançando no carro. Até uma garrafa ser arremessada contra eles e atingir uma das moças. Ela reclama e uma nova garrafa é arremessada. Revoltada, a mulher desce do veículo e vai até a arquiteta, que atirou os objetos. 

A mulher de biquíni desfere socos na arquiteta, que estava acompanhada da família, e um homem que estava levanta da mesa e tira a parte de cima do biquíni da jovem. Ela retorna para o carro e ainda exibe os seios para as pessoas que estavam no restaurante. 

"Nós vivemos em uma sociedade e temos que ter respeito pelo outro”, comentou sobre o episódio a arquiteta nas redes sociais. Nenhum dos envolvidos na confusão havia procurado a delegacia até a publicação desta reportagem.


O DIA

Postagem Anterior Próxima Postagem