ROSÁRIO OESTE: Assentados do P.A Forquilha do Rio Manso recebem mais de 70 Títulos Definitivos do INCRA



Na manhã desta sexta-feira (25), os agricultores assentados do P.A Forquilha do Rio Manso no Distrito de Mazagão de Rosário Oeste receberam do INCRA, subseção de Mato Grosso, 74 títulos e há ainda mais 41 para serem entregues ainda conforme informação do órgão. 

Os documentos que tornam 74 famílias donas de suas terras é o resultado de ações que já vinham sendo conduzidas pela autarquia e que ganhou mais dinamismo nos últimos meses, graças à intervenção conjunta da Associação dos Bons Amigos da Forquilha do Rio Manso e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rosário Oeste junto ao INCRA em busca da titularização dos lotes dos parceleiros assentados que se sacrificaram e pagaram o valor do Georreferenciamento.

Após o pagamento e a realização do Georreferenciamento, os agricultores assentados doaram o mesmo para Associação Bons Amigos da Forquilha do Rio Manso, que tem como presidente, Marcilene de Souza que como dito anteriormente em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, através de sua presidente (interina) Cristiane Anzil não mediram esforços para que o sonho de ter o título de posse definitivo dos seus lotes começasse a se tornar realidade no P.A Forquilha do Rio Manso.

Representando a superintendência do INCRA/MT o servidor Ivanildo Teixeira Tomás, o popular Paulista explicou de forma resumida e simples aos assentados que nesta primeira etapa estavam sendo entregues 74 títulos e que já tem mais 41 títulos prontos na sede do órgão em Brasília que em um período curto será enviado para a subseção de Mato Grosso entregar, “mas antes precisam passar pelo processo de formalização, desbloqueio de homologação”.

Segundo Paulista até o começo do próximo ano estes 41 títulos restantes serão entregues para os demais assentados da Forquilha do Rio Manso.

A presidente da Associação Bons Amigos da Forquilha do Rio Manso afirmou que o mérito da conquista era toda a comunidade do P.A Forquilha do Rio Manso que se sacrificaram para pagar o Georreferenciamento e que ela enquanto presidente da associação foi apenas uma porta – voz dos parceleiros assentados.

“Esse mérito é da comunidade da Forquilha do Rio Manso e por isso tudo isso aqui está acontecendo hoje. Não é político, não é presidente de associação, não é sindicato, é a comunidade que tirou R$ 800 do bolso e pagou o seu ‘geo’ e hoje vocês estão recebendo o título, porque vocês que tem o mérito nós fomos apenas a porta-voz de vocês lá [no INCRA] porque não daria todos para estarem lá, então aqui eu quero agradecer a todos vocês pela confiança em nosso trabalho”, afirmou Marcilene. 

A presidente da Associação dos Bons Amigos da Forquilha do Rio Manso, aproveitou o ensejo para agradecer ao deputado federal Nelson Barbudo (PSL) pelo empenho em destravar o processo dos títulos em Brasília e também ao deputado estadual Sílvio Favero (PSL) por auxiliar nas tratativas com INCRA em Mato Grosso e ambos estavam presentes no ato da entrega dos títulos aos assentados.

Ao fazer o uso da fala , a presidente (interina) do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rosário Oeste, Cristiane Anzil agradeceu aos deputados Nelson Barbudo e Sílvio Favero e ao servidor do INCRA de Mato Grosso , Ivanildo “Paulista” pela entrega dos títulos.

“É uma alegria para nós que estamos aqui há mais de 15 anos e para nós é um sonho, porque este assentamento foi criado em 1996 e hoje está sendo realizado, graças ao olhar do senhor, que nos olhou com amor e carinho, porque todos que passaram nunca olhou para essa comunidade como o senhor está olhando e o Ivanildo [ Paulista ] também, por isso a gente só tem a agradecer aos senhores e ao deputado [estadual] Sílvio Fávero”, assegurou .

O deputado federal Nelson Barbudo relembrou que quando ele veio ao P.A Forquilha do Rio Manso fazer campanha e se propôs a assumir o compromisso de lutar pelos títulos , as pessoas estavam incrédulas e não queriam aceitar e nem acreditar neste compromisso dele e na sua fala ele afirmou que os assentados passaram anos sendo enganados por uma grande parte da classe política que utilizavam aquela comunidade como massa de manobra para conseguirem votos e que agora isto tinha acabado e salientou que foi um trabalho conjunto de todos.

“Quero dizer a vocês que é uma satisfação, poder estar aqui junto com o Deputado Sílvio Favero, que se elegeu pelo mesmo partido que eu e o presidente Jair Bolsonaro e nós temos participação nessa entrega de título, mas foram vocês que correram atrás do ‘geo’ por isso também tem muita participação de todos vocês. gente não consegue. Não sou contra a reforma agrária, mas ela tem que ser completa para uma pessoa que sonha a vida inteira pelo título de sua propriedade, da forma que era feito antes, vocês ficam atrelados aos governantes para o resto da vida, sempre devendo um favor, esmolando o que é um direito de vocês, por enquanto não faremos mais reforma agrária, o governo Bolsonaro não é contra a reforma agrária, nós somos totalmente a favor da reforma agrária mais uma reforma agrária justa , desculpa a expressão, agora antigamente pegam as pessoas e jogavam num quinhão de terra e vocês foram enganados por mais de 20 anos e as pessoas estavam escaldadas e não queriam aceitar o nosso compromisso, mas um político vitorioso , é um homem como eu e como o Sílvio [Favero] que entrou na política para trabalhar em cima da verdade, esse título hoje é a garantia que vocês poderão passar para o seu filho como herança porque até hoje vocês não tinham a garantia. O que nós estamos fazendo aqui hoje, é o nosso dever, é a nossa obrigação, pois são vocês que pagam o nosso salário e os impostos”, asseverou o deputado federal Barbudo.

O deputado estadual Sílvio Favero destacou que agora as pessoas que receberam os títulos não mais assentados, pois agora elas passar a serem proprietárias de suas respectivas terras e ele ainda criticou os governos de esquerda afirmando que acabou o tempo das promessas não cumpridas e enalteceu o trabalho do deputado federal Nelson Barbudo que auxiliou a Associação dos Bons Amigos da Forquilha do Rio Manso neste processo de titularização.

“Agora vocês já são proprietários da terra de vocês, hoje estão sendo entregues 74 títulos e tem mais 41 pra serem entregues e se precisar a gente ir lá em Brasília para junto com o deputado Nelson Barbudo para tentar se possível trazer até o final do ano estes outros títulos nós iremos. E desculpa agora que eu vou falar aqui: acabou aquela história da esquerda que vinha só prometendo entregar e o [deputado] Nelson falou, nós vamos entregar e eu tenho certeza que ele vai realizar cada vez mais o sonho dessas pessoas que você assumiu um compromisso durante a campanha e parabéns a todos que estão recebendo os títulos hoje e também aqueles que ainda irão receber, pois é um direito de vocês”, afirmou Fávero.

A secretária de Agricultura Luilma e o secretário de Governo de Rosário Oeste Ireno representaram o prefeito João Balbino no ato da entrega dos títulos.




















Postagem Anterior Próxima Postagem