ROSÁRIO OESTE: Rios secam e moradores da zona rural sofrem sem Água

 

Uma das secas mais severas dos últimos anos favorece as queimadas e ameaça também o Distrito de Arruda que fica em Rosário Oeste denunciou a vereadora Angela Godoes (Tetê). 


O Pesquisador da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), Ernandes Sobreira Oliveira Junior já afirmou que Mato Grosso deve viver nos próximos 5 anos, secas ainda mais severas do que as vivenciadas até agora e com risco ainda maior ao Pantanal.

Essa estiagem prolongada afeta vários municípios como Rosário Oeste, cuja população rural depende de rios e fontes e de água doce para sobreviver e criar animais.

A Prefeitura de Rosário Oeste decretou Situação de Emergência nas áreas afetadas pela estiagem. VEJA AQUI

"Em 50 anos, nunca vi uma seca e uma crise como esta de agora”, conta José Maria Corréa, 56 anos, lavrador que mora na região do Morro Redondo, que fica na Zona Rural de Rosário Oeste e onde desde abril não chove.

O poço artesiano feito por ele em 1999, que nunca havia secado, secou e agora, vė-se obrigado a buscar água em sua charrete para conseguir sobreviver em suas terras.

A Vereadora de Rosário Ângela Godoes, conhecida com Tetê, veio a Cuiabá buscar auxílio para região.

Ela afirma que sempre houve dificuldade em épocas de seca, mas nunca como neste ano. "Secar represa, rios é a primeira vez. Estamos muito preocupados”.


Segundo ela, as comunidades estão desesperadas, pois as criações e as plantações estão perecendo e, mesmo onde ha poços artesianos, a quantidade de água não tem sido suficiente nem para o consumo.


OUÇA ABAIXO: 




No município de Rosário Oeste, o volume de chuva esperado para os próximos 15 dias não vai amenizar a situação. A máxima prevista para a semana é de apenas 8mm de chuva.


Por Manoel Netto com Dantinelle Venturini - Jornal Gazeta Digital










Postagem Anterior Próxima Postagem