Servidores do sistema penitenciário se lançam como pré-candidatos nas eleições de 2020


 

“A nossa expectativa é ampliar em 10 vezes a quantidade de vereadores, prefeitos e vice-prefeitos, o nosso objetivo é mostrar que o PROS é um partido forte e que tem credibilidade”, disse João Batista.

Por – Ana Barros

Vem crescendo entre os servidores do sistema penitenciários do Brasil o sentimento da categoria de ter um representante no meio politico, seja estadual, federal ou municipal. Em Mato Grosso não é diferente, em algumas cidades do estado, já existem candidaturas exitosas, como é o caso do vereador Edemil Saldanha (DEM), Policial Penal, vereador e em 2020 vem para o pleito como candidato a Prefeito de Santo Antônio do Leste, cidade localizada a 384.3 km da capital Cuiabá.

Edemil Saldanha (DEM), Policial Penal, é vereador e em 2020 vem para o pleito como candidato a Prefeito de Santo Antônio do Leste.


Em sua rede social, Edemil lançou a Pré-Campanha, “Após conversar com a minha familia, assumi mais um desafio, sou Pré- candidato a Prefeito, tendo como vice Marlene Biff, queremos e vamos lutar para mudar a realidade de nossa cidade. Como vereador fiz o meu papel fiscalizando e contribuindo com projetos e agora quero fazer mais”, disse Edemil.

Em 2018, o sindicalista e Agente Penitenciário, João Batista Perreira de Souza, conquistou uma cadeira na Assembléia Legislativa de Mato Grosso com 11.374 pelo Partido Republicano Social (PROS) e com isso vem fazendo com que a sigla cresça por todo Estado, incentivando outros servidores a também ingressar na carreira politica.

Presidente municipal do PROS de Sinop, Policial Penal e também Pré-candidato a uma vaga no legislativo, Lucivaldo vieira,

Somente em Sinop-MT, a sigla aprovou em convenção 23 pré- candidatos , todos capitaneados pelo presidente municipal do PROS na cidade, o Policial Penal e também Pré-candidato a uma vaga no legislativo, Lucivaldo vieira, que já tem vários serviços prestados pela categoria e pela cidade.
Lucivaldo disse que a noite da convenção foi memorável, “conseguimos 23 nomes para a disputa por nossa sigla, esse resultado é fruto de muito trabalho e articulação e acima de tudo, vontade de fazer mais por nossa cidade”, disse.

No reduto cuiabano e Várzea grande, pelo menos quatro nomes estão cotados como pré-candidatos, sendo eles Jemima Carmargo (PDT), Marcelo Cuiabano (PDT) e por Várzea Grande, Ana de Paula (PROS) e Eunice Teodora (PSDB), Psicóloga do sistema penitenciário.

Ana de Paula, Policial Penal, portadora de Distrofia Muscular de Cinturas.

Ana de Paula, Policial Penal, portadora de Distrofia Muscular de Cinturas, levanta a bandeira principalmente em defesa as causas das pessoas portadores de deficiência e é estudante de serviço social da Universidade Federal de Mato Grosso.

Em Cuiabá, a também Policial Penal, Jemima Camargo, colocou seu nome a disposição pelo Partido Democrático Trabalhista, a servidora é engajada nas causas sociais desde muito jovem, integrante do Frente Favela Brasil, está sempre atuando em prol do bem comum.

Conforme o diretório estadual do PROS, A SIGLA pretende lançar pelo menos 11 servidores do sistema penitenciário em todo estado de Mato Grosso, ao todo a categoria deve lançar um montante de 35 Pré- candidatos por variados partidos, entre esses três pré-candidatos a prefeituras, sendo elas de Santo Antônio do Leste, Vila Bela da Santíssima Trindade e Alto Taquari.

Jacilene Terra, Diretora Regional licenciada do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT)

Em Rondonópolis a representante é Jacilene Terra, Diretora Regional licenciada do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), também sempre engajada nos movimentos socias da cidade.


Conforme Batista, o Pros tem candidatura em vários municípios entre majoritária e proporcional.


Além da base da baixada cuiabana outras candidaturas vem de Rondonópolis, Indiavai, Pontes Lacerda, Paranatinga, Diamantino, Vera, Cáceres, Lucas do Rio Verde, Comodoro, Juína, Tangará, Matupá, Barra do Garças, Campo Novo do Parecis e Rosário Oeste.

Policial Penal Marioney Willian (Solidariedade), está sendo cotado para uma vaga a câmara municipal da cidade.

Em Rosário Oeste, o Policial Penal Marioney Willian (Solidariedade), está sendo cotado para uma vaga a câmara municipal da cidade, um nome conhecido, já disputou outros pleitos, onde obteve expressivos 110 votos dentro da coligação em que estava na época.

Policial Penal, Fábio Aguiar, colocou seu nome a disposição pelo Podemos, o servidor tem serviço prestado na cidade com jovens.

Em Campo Novo do Parecis, o também Policial Penal, Fábio Aguiar, colocou seu nome a disposição pelo Podemos, o servidor tem serviço prestado na cidade com jovens. O projeto Agem desenvolve um trabalho de voluntariado, que auxilia crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, através de ensinamentos morais sobre: cidadania, patriotismo, hierarquia, disciplina e conhecimentos cívicos, com isso, os menores tem se distanciado do envolvimento com drogas entre outras práticas criminosas.

“A nossa expectativa é ampliar em 10 vezes a quantidade de vereadores, prefeitos e vice-prefeitos, o nosso objetivo é mostrar que o PROS é um partido forte e que tem credibilidade e pode participar ativamente da politica de Mato Grosso”,Frisou Batista.

Postagem Anterior Próxima Postagem