Cachorro de homem assassinado permanece ao lado do corpo até chegada da polícia


 

O cachorro de um homem assassinado na última terça-feira (13), permaneceu ao lado do corpo por horas, até a chegada da Polícia Civil, na comunidade de Três Fronteiras, a 360 quilômetros de Colniza. A cena emocionante chamou atenção dos moradores. 


Leia mais:
PM intensifica blitzes e fiscalização de aglomerações na região metropolitana de Cuiabá

Adilson Caraneato, 45 anos, foi morto com um tiro na cabeça. Por conta da distância, a Perícia Técnica (Politec) e Polícia Civil demoraram para chegar ao local. O corpo então ficou na cena do crime e o cão Thor permaneceu todo momento ao lado do dono.

Emocionados, os moradores deram água e ração para o animal. Uma mulher ainda disse que o cachorro não saiu ao lado em nenhum momento. As imagens estão circulando nas redes sociais. O homicídio é investigado pela Polícia Civil. (Com Juína News)

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem