FAMÍLIA ERA CONTRA: Jovem morta a facadas pelo marido morava com ele há 2 meses


 

Amigos da vítima afirmam que Miqueias era extremamente ciumento e já tinha até clonado celular de Jackeline


REPORTERMT

A jovem Jackeline Pinto da Silva, de 25 anos, morta a facadas no domingo (25), estava morando com o namorado Miqueias Lima, 26, havia apenas dois meses. Ele é procurado pela polícia. Pessoas próximas à vítima falaram que a família era o contra o relacionamento e que o rapaz era excessivamente ciumento.

Uma conhecida de Jackeline contou ao #reporterMT que a jovem chegou a brigar com o próprio pai, que mora no Tocantins, por causa do namoro, e que a família estava preocupada porque ela mal conhecia Miqueias quando os dois começaram a morar juntos.  

“Ela morreu brigada com ele (pai)”, disse essa conhecida. Ela contou ainda que, por ser muito ciumento, Miqueias não gostava quando Jackeline ficava até mais tarde no trabalho e que tinha clonado o celular dela.  

A Polícia Civil investiga o caso e diligências seguem em andamento pela Delegacia de Querência, com apoio de equipe da Delegacia Regional de Confresa. A instituição não deu mais detalhes para não atrapalhar a investigação. 

O velório da jovem, que tinha uma filha de dois anos, começou na noite de segunda-feira (26). O enterro será nesta terça-feira (27).

Postagem Anterior Próxima Postagem