Instituto revisa temperatura e Cuiabá chega a marca histórica de 44ºC na sombra


 

A estação manual do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) revisou a temperatura de Cuiabá e apontou que os termômetros chegaram aos 44ºC, às 14h desta quarta-feira (30). Esta é a maior temperatura da história, desde que as medições começaram em 1911. 


Leia mais
Temperatura sobe ainda mais em Cuiabá e pode atingir 47ºC no final de semana

O calor cuiabano virou um dos assuntos mais comentados do Twitter. Muitos internautas fizeram memes, outros, no entanto, aproveitaram para reclamar e compartilhar imagens da temperatura no interior de carros que ultrapassavam os 50ºC.  
De acordo com o ‘Hot Cities’, site que monitora as temperaturas do mundo a partir de serviços de medição, Cuiabá foi a cidade mais quente do mundo por volta das 15h30. No ranking total, a capital de Mato Grosso estava em 22º lugar. Em primeiro está Baçorá, no Iraque, onde os termômetros já chegaram a marcar 53ºC.

O professor de Climatologia do Departamento de Geografia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), doutor Rodrigo Marques, explica ao Olhar Direto que o calor fora do normal foi influenciado por anticiclones, centros de alta pressão atmosférica onde os ventos possuem movimentos anti-horário, diferente dos ciclones que giram no sentido horário.  

As chuvas começaram em setembro, mesmo que tímidas. No entanto, não foi suficiente para dar fim ao intenso calor. O climatologista diz que no último dia 20, a estação automática não chegou a registrar 1 milímetro. Já a convencional apontou 1 mm no dia 20 e 5.8 mm no dia 24. O volume ainda é considerado baixo.

“As chuvas devem começar a ter seu ritmo normal após a primeira quinzena de outubro”, acrescenta Rodrigo Marques, que cita alguns dados do calor ao longo do mês. “Em setembro foram 19 dias com máxima de pelo menos 40°C e sete dias acima de 42ºC”.

No sábado (3), com umidade mínima de 10%, a Capital pode registrar a máxima 45ºC. O domingo (4) será o dia com temperatura mais alta, conforme o INMET, que estima máxima de 47ºC e umidade relativa do ar em 10%.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem