JANGADA: PM prendeu homens suspeitos de matar e descartar corpo da vítima na zona rural


 

No início da noite de domingo (18/10), por volta das 19 horas, policiais militares do município de Jangada receberam a informação de que em uma via de acesso a zona rural de jangada, próxima a uma usina, havia um corpo com vestígios de sangue. 


Uma guarnição da PM e uma equipe de saúde de Jangada foram até o local onde foi constatado o óbito.

O IML, a Polícia Civil e a Politec foram chamados para o local e antes da chegada desses órgãos a mãe da vítima compareceu no local e identificou o copo como sendo de seu filho Silvando Silvestre Correia.

A mãe da vitima relatou para os policiais que seu filho tinha entrado em contado com ela dizendo que estava na companhia de duas pessoas (suspeitos) e que estaria indo para a sua residência.

Com apoio de policiais do município de Acorizal os militares foram até a residência do suspeito, onde foram informados da localização da caminhonete, que estaria em uma chácara da região.

No local os policiais encontraram a caminhonete e também vestígios de sangue na carroceria do veículo, juntamente com algumas roupas sujas de sangue que seria da vítima, conforme identificou um de seus parentes que estava no local.

Os policiais entraram na residência da chácara e conseguiram prender os dois suspeitos de terem cometido o crime.

Na residência foi encontrada uma espingarda de pressão adaptada para calibre .22 com 11 munições intactas cal. 22 e uma munição cal. 22 deflagrada.

Uma mulher que estava no local informou a PM que os dois suspeitos haviam acabado de chegar à chácara.

Os policiais não conseguiram encontrar a faca utilizada no homicídio e também o celular da vitima.

Segundo informações, um dos suspeitos do crime teria cometido outro homicídio na data de 15/10/2020 onde foi localizado o corpo da vítima na comunidade Barra do Santa Cruz, com o mesmo modus operandi.

Consta ainda no Boletim de Ocorrências que em data anterior um dos suspeitos de ter cometido o crime compareceu na Unidade da PM de Jangada e registrou um Boletim de Ocorrências acusando a vítima Silvando, por furto de fios de energia.

A Polícia Judiciária Civil de Rosário Oeste vai investigar o caso. 


Por Biorosario
Postagem Anterior Próxima Postagem