Candidato a prefeito com patrimônio de quase R$ 9 mi recebeu auxílio emergencial; lista tem 666 de MT



Seiscentos e sessenta e seis candidatos em Mato Grosso que declararam mais de R$300 mil em bens receberam auxílio emergencial neste ano. Dentre eles, está o candidato a prefeito em Rondolândia, José Guedes de Souza (MDB), que declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter R$8.664.000,00 em bens.


A lista foi divulgada pelo Tribunal de Contas da União, que cruzou os dados das declarações de bens ao TSE e a lista dos que receberam o auxílio. Como os bens declarados ao TSE são preenchidos pelo próprio candidato, no entanto, pode haver erros.

O ministro do TCU, Bruno Dantas, que determinou a divulgação da lista, esclareceu: “Não se pode olvidar, contudo, o risco de erro de preenchimento de informações por parte dos candidatos, bem como de fraudes estruturadas com dados de terceiros, eventos dos quais o Ministério da Cidadania demonstra ter plena percepção da probabilidade de ocorrência e para os quais se espera que haja controles internos mitigadores”, explicou.


A lista traz candidatos a vereadores, prefeitos e vice-prefeitos de todo o Brasil, sendo 666 de Mato Grosso. Em Cuiabá, há apenas o candidato a vereador Thiago Fernandes Mota, que declarou um patrimônio de R$1.622.000. Não há candidatos de Várzea Grande.

Veja a lista complete AQUI.


OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem