Levar a própria caneta? Horário preferencial? Tire dúvidas de como será a votação no domingo

 


Assim como quase todos os eventos realizados em 2020, as eleições municipais e a suplementar para o Senado, que vão acontecer em Mato Grosso, também serão diferentes, por conta da pandemia do novo coronavírus.

 
Além da mudança de data para o próximo domingo (15), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está recomendando novas medidas para evitar uma propagação da doença no dia do pleito.

Em Cuiabá, a Secretaria de Mobilidade Urbana informou que o transporte coletivo irá operar com 70% da frota total de veículos disponível durante o dia da eleição.
 
Veja abaixo as novas regras para eleição deste ano:

 
Uso de máscara: O eleitor está proibido de ir ao local de votação com o rosto descoberto. O mesário poderá pedir para que ele abaixe a máscara rapidamente para facilitar a identificação.
 
Higiêne: O eleitor também terá que fazer o uso do álcool gel em suas mãos antes e depois de votar.
 
Caneta: Além de levar documentos como título de eleitor e identidade, o TSE está recomendando que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votações.
 
Distanciamento: O TSE ainda orienta que as pessoas mantenham o distanciamento mínimo de pelo menos um metro na filha para votação.
 
Horário: O período de votação ficou maior do que das outras eleições. Desta vez o eleitor poderá votar das 7h às 17h, com o horário preferencial das 7h às 10h para maiores de 60 anos.
 
Aglomeração: A recomendação é de que a pessoa vá para sua sessão sozinha, evite o contato com outras pessoas e não leve crianças.
 
Sintomas: Se a pessoa tiver febre no dia da votação ou se teve Covid-19 nos últimos 14 dias antes da eleição, é recomendado que ela fique em casa.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem