Motorista de BMW é preso com R$ 10 mil que seriam usados em compra de votos



 O motorista de uma BMW, de 30 anos, foi detido pela Polícia Militar, na tarde do último sábado (14), em Peixoto de Azevedo (673 quilômetros de Cuiabá), com R$ 10 mil reais. A denúncia aponta que, supostamente, a quantia seria utilizada para a compra de votos nesta eleição. 


A Agência Regional de Inteligência do 15º Comando Regional realiza o monitoramento das atividades políticas realizas na cidade de Peixoto de Azevedo. Ontem, recebeu a informação de que um um suspeito em uma BMW buscaria uma quantidade de dinheiro na compra de ouro, que  seria usada posteriormente para compra de votos.

Foi realizado o monitoramento do local e avistado o momento em que o veículo com as características informadas estacionou na compra de ouro, sendo feito o acompanhamento após a saída do local.

A PM então abordou o veículo, já que a primeira informação apontava para uma quantia de R$ 200 mil.

Porém, durante as buscas, foram encontrados R$ 10 mil. Por estar em período de pleito eleitoral e diante das informações recebidas, a equipe registrou o boletim de ocorrências.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem