Polícia prende PMs e comparsas com roupas da PJC que planejavam assalto a comitê de candidata


 

O Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) prendeu na madrugada desta quinta-feira (12) três policiais militares e outros dois homens suspeitos de organizar um roubo a um comitê de candidata a vereador, em Cuiabá. No local foram encontrados equipamentos de proteção, além de roupas da Polícia Civil e um arsenal de armamentos.

 
Leia mais:
PM atira em ex-mulher que se recusou a reatar relacionamento e foge com filho do casal
 
De acordo com informações da Polícia Militar, por volta de 1h30 de hoje (12) uma equipe da Rotam foi abordada por uma pessoa que informou sobre uma reunião de uma quadrilha em uma residência no Bairro Jardim Vitória.
 
O bando seria especializado em roubos a residência e estaria planejando um roubo a um comitê de vereador na manhã desta quinta-feira (12). Foi então solicitado o apoio de mais duas equipes da Rotam para realizar a abordagem.
 
Ao chegar ao local os policiais encontraram um dos suspeitos, de 41 anos, e com ele foi encontrado um revólver calibre 38, carregado com seis munições intactas. Durante a abordagem deste suspeito os policiais perceberam uma movimentação dentro da casa, de outros suspeitos tentando fugir.
 
A PM então entrou na residência e abordou os demais suspeitos. Com eles foram encontradas várias armas, sendo um revólver calibre 38, uma pistola Tauros 640 calibre .40 e uma pistola Taurus PT 59 calibre 380.
 
Sobre uma mesa foi encontrada uma algema, seis camisetas da Polícia Civil, R$ 300, duas balaclavas, seis pares de placas balísticas, quatros capas de coletes da Polícia Militar, dois bornais de perna, um coldre de revólver velado, cinco capas de coletes, três cintos de guarnição, um coldre Maynards de polímero, duas mochilas e uma espingarda de pressão calibre 5.5.

Conforme apurado pelo Olhar Direto, estas camisetas da Polícia Civil são vendidas em casas de uniforme sem qualquer controle ou exigência de registro funcional.
 
Além do suspeito de 41 anos também foram presos um de 38 anos, um de 35 anos, um de 30 anos e um de 27 anos. De acordo com apurações o bando também seria especialista em assaltos a fazendas, para roubo de defensivos agrícolas. Eles foram todos encaminhados à Central de Flagrantes.




OLHAR DIRETO


Postagem Anterior Próxima Postagem