Secretário conversa sobre novos projetos da Seduc com assessores pedagógicos



Gestor esclareceu dúvidas sobre as mudanças que ocorrem na rede de ensino para promover melhorias.

Carlos Celestino | Seduc-MT


O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, promoveu um diálogo com membros da assessoria pedagógica das escolas estaduais Antônio Cesário de Figueiredo Neto e Nilo Póvoas sobre os projetos que serão implementados para a melhoria na qualidade do ensino em Mato Grosso.


Durante visita às unidades, o gestor esclareceu dúvidas sobre sobre as mudanças em andamento na rede estadual de ensino.

O secretário explicou os novos direcionamentos dos projetos escolares, que tem o objetivo de tornar o ambiente escolar mais atrativo para que os estudantes sigam o processo de formação no ensino médio e também para melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da rede pública. “A comunicação interna e esclarecimentos com a rede de ensino são prioridades para todos estarem sintonizados com o novo movimento de educação de Mato Grosso”.


Alan Porto afirma que quer construir uma relação de proximidade, sempre dialogando com os coordenadores, para poder criar projetos voltados para a área pedagógica, abrangendo toda a comunidade educacional.


Os coordenadores pedagógicos são os canais de interação da Seduc com as escolas, pois eles conhecem os problemas e a realidade de cada unidade, sendo capazes de fazer um diagnóstico sobre o que precisa ser melhorado e os projetos de resultados que podem ser utilizados como modelos para serem executados nas demais unidades. 


Ao final do encontro, os profissionais manifestaram satisfação pela disponibilidade do gestor da educação em ouvir e conhecer de perto a realidade. Os líderes destacaram como ponto positivo o fato de o secretário reunir algumas assessorias para esclarecer e explicar ações na área pedagógica e de infraestrutura das escolas públicas.


“Nossa gestão será focada nas práticas e ações para que nossos alunos da rede estadual de educação tenham uma aprendizagem inovadora e baseada em evidências”, afirma o secretário Alan Porto.
Postagem Anterior Próxima Postagem