CAPITAL: Vereadores batem boca, mas aprovam contas de Emanuel com 17 votos - saiba

As contas de governo do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), de 2018 foram aprovadas pela Câmara de Cuiabá nesta segunda (28). Foram 17 votos favoráveis e 6 contrários aos parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) que foi favorável à aprovação

Votaram contra: Diego Guimarães (CD), Dilemário Alencar (Pode), Marcelo Bussiki (DEM), Abílio Junior (Pode), Felipe Wellaton (CD) e Kero Kero (Pode). Já Sargento Joelson (SD) estava ausente no momento da votação.


Reprodução



O município cumpriu com os limites constitucionais de aplicação dos recursos e a oposição questionou o valor de restos a pagar no valor de R$ 44 milhões, que seriam "pedaladas". O parecer foi emitido pelo TCE em setembro.


Apesar de estar em pauta as contas do gestor, a oposição ocupou o espaço para discutir o racha interno e a eleição para a Mesa Diretora que ocorre em 1º de janeiro. Os vereadores Kero Kero (Pode) e Diego Guimarães (CD) bateram-boca sobre as "mágoas" após a eleição municipal.

Ambos estiveram com Abílio contra Emanuel, mas, ao terminar o pleito, o grupo se dissolveu em torno das discussões sobre a eleição da Mesa Diretora.

Diego reclamou da falta de coerência de Kero Kero que, ofendido, lembrou que, apesar de votado no aliado do prefeito para presidente do Legislativo, Misael Galvão (PTB), foi oposição durante os últimos dois anos. “O tempo é o senhor da razão, vamos ver quem traiu quem. Diego está magoado. Não usei um centavo do meu partido e me dediquei 100% ao Abílio”, disse Kero Kero.

Já Diego, em tom irônico, pediu calma ao colega. “Não estamos discutindo Mesa Diretora ainda, é o parecer, o senhor é o novo Renivaldo (Nascimento), mas teremos mais 4 anos para ver quem vai ser base ou oposição”.

Já Lilo Pinheiro (PDT), que também esteve com o grupo, foi criticado por aparecer como um dos apoiadores de Juca do Guaraná (MDB) na escolha da Mesa Diretora. “Sempre busquei equilíbrio em meus posicionamentos, por isso, não tenha fechado a porta e reconhecido a vitória do prefeito Emanuel, mesmo tendo apoiado Abílio”, desabafou.

Sobre a eleição interna na Câmara, Lilo ainda mandou o recado aos colegas. “Quem fala por mim sou eu e as consequências do meu posicionamento eu assumo e sempre vou assumir. Espero do próximo presidente, Juca do Guaraná, que terá meu voto, que faça com que a próxima gestão do Emanuel libere as emendas parlamentares porque só falta isso para terminar o centro de atendimento ao autista”.

Veja, abaixo, como vereadores votaram

A favor:

Vinicius Hugueney
Marcos Veloso
Adevar Cabral
Orivaldo da Farmácia
Adilson Levante
Chico 2000
Clebinho Borges
Ricardo Saad
Doutor Xavier
Juca do Guaraná
Justino Malheiros
Lilo Pinheiro
Luis Claudio
Renivaldo Nascimento
Marcrean dos Santos
Mário Nadaf
Toninho de Souza

Não:

Dilemário Alencar
Abilio Júnior
Diego Guimarães
Marcelo Bussiki
Felipe Wellaton
Kero Kero

Ausente:

Sargento Joelson

RDNEWS
Postagem Anterior Próxima Postagem