COMPORTAMENTO: Motel ficou fora de moda? Jovens estão usando Airbnb para transar



A variedade de localização e fotos mais bonitas e autênticas também entram na lista de prós

UOL


Banheira com hidromassagem. Teto espelhado. Cama redonda com lençol de cetim. Todos esses fatores parecem não atrair mais alguns jovens a irem a motéis: muitos estão preferindo alugar apartamentos no aplicativo de hospedagem Airbnb para uma noite de sexo fora de casa. Entre as vantagens listadas pelas entrevistadas por Universa estão a facilidade de reserva online, mais espaço e ambiente mais moderno e menos estereotipado. A variedade de localização e fotos mais bonitas e autênticas também entram na lista de prós.


Self check-in garante privacidade Bruna, 24 anos, é analista de sourcing e mora em São Paulo, capital. Ela mora com os pais e não gosta de levar conhecidos para casa, só apresenta namorados. Bruna está solteira, mas nem por isso está com a vida sexual inativa e, na hora de escolher um local para transar, é exigente: "Tenho nojo de banheira de motel, não entro nem à força"..

A jovem confessa que já foi a motéis, mas depois que descobriu que dá para alugar Airbnb só por um pernoite, nunca mais repetiu a dose. Neste ano, Bruna foi convidada para um ménage à trois com um casal que conheceu em um grupo do Facebook. "Na hora que fomos marcar a data e o local, eles me perguntaram: 'topa ser em um Airbnb?'. Nunca tinha pensado nisso. Topei!". O trio alugou, por uma noite, um apartamento próximo à Praça do Pôr do Sol, em Pinheiros, zona nobre de São Paulo. A diária, que foi paga pelo casal, custou quase R$ 400 junto com a taxa de limpeza do apartamento.

"O lugar era tão grande que parecia uma casa. Tinha varanda, uma área maravilhosa de convívio, até chuveiro com música. Aproveitamos muito os espaços comuns, principalmente a sala, que é onde as coisas começam, né?", conta. Bruna adorou a aventura - e a ideia de alugar um apartamento em um aplicativo de hospedagem. O Airbnb oferece uma função de self check-in, que permite maior agilidade - e privacidade - para os inquilinos. "Tem apartamento do Airbnb que você consegue alugar 30 minutos antes de chegar ao local. E não precisa encontrar com ninguém para abrir a porta para você, tudo é feito online. Diferente de hotel que, além desse problema, você precisa pagar mais caro para ficar em um quarto maior", pontua. Para ela, "o Airbnb tem um ar de limpeza. A cama é confortável, a casa oferece mais de um espaço para trocar ideia e não só o quarto para transar", ri e finaliza a frase: "Além do que dá para transar em mais de um ambiente".
Postagem Anterior Próxima Postagem