Coronavírus já matou oito pessoas em presídios de Mato Grosso; mais de 2.500 casos confirmados




Dados do Boletim sobre o Coronavírus no Sistema Penitenciária, levantados pela Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária, que pertence a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), apontam que até o dia 18 de dezembro oito pessoas envolvidas nas unidades prisionais tinham perdido a vida para a doença. No total, são mais de 2.500 casos confirmados da doença.


Até o dia 18 de dezembro, eram 2.046 casos confirmados da Covid-19 em reeducandos e 494 em servidores das unidades prisionais. No total, foram oito mortes, sendo três de presos e cinco de funcionários públicos.

Mais de seis mil pessoas, entre servidores e reeducandos, fizeram testes e tiveram resultado negativo para a Covid-19. Outras 2.500 se recuperaram da doença.

Os óbitos foram registrados nas seguintes unidades: CP de Alto Araguaia; CP de Nova Mutum; Centro de Ressocialização de Cuiabá – CRC; CP Alta Floresta; Penitenciária de Sinop e Penitenciária Central do Estado –PCE.

Neste levantamento, são contabilizados os servidores em atividade vinculados à estrutura organizacional da SAAP, sede e Funac. Também constam pessoas privadas de liberdade, sob custódia do Sistema Penitenciário, em regime fechado/prisão cautelar.

Dos casos positivos: 28 tiveram revogação da prisão preventiva ou foram colocados em prisão domiciliar.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem