Emanuel defende Faiad, diz que pretende permanecer no MDB e revela convite do DEM




O prefeito Emanuel Pinheiro declarou que pretende permanecer em seu partido, o MDB, mesmo com todos os problemas que o diretório de Cuiabá está passando nos últimos dias. Ele também revelou que vários outros partidos como o PTB, PV, SD, PSDB e até o DEM, do governador Mauro Mendes já o procurou para mudar de sigla. 


No último mês, após se reeleger como prefeito, Emanuel, que não contou com de correligionários como o deputado federal Carlos Bezerra e da deputada estadual Janaina Riva, entrou em rota de colisão com a direção estadual do partido, que tenta substituir o presidente municipal Francisco Faiad por Janaina.

A atitude irritou grande parte dos filiados, que estão defendendo a manutenção de Faiad, por ele ter sido leal ao prefeito Emanuel Pinheiro e por ter ficado ao seu lado durante a campanha.


“O embate é o Faiad e a Janaina. A luta é o comando do MDB municipal e nós, a ampla e esmagadora dos filiados, dos candidatos e do vereador reeleito é pela manutenção, até pela lealdade, da fidelidade de quem venceu as eleições, que teve muita garra, muito comprometimento partidário, que é o companheiro Faiad. A minha posição é solidária ao Faiad. Não sou contra a deputada, mas sou a favor do Faiad como a esmagadora maioria do partido”, disse o prefeito, explicando que não pretende deixar o partido.

“Pretendo continuar no MDB e por hora não penso em mudar de partido. São problemas normais, fruto do comportamento da elite partidária, mas eles perderam as eleições e agora vamos conversar. Vamos colocar os pingos nos ‘is’ sobre a liderança com nosso líder Carlos Bezerra”, afirmou.

O chefe do Executivo também revelou que neste ínterim, já recebeu propostas para ir para diversos partidos, como o PTB, que hoje é presidido pelo seu filho, o deputado federal Emanuelzinho e do DEM, que tem como maior liderança o governador Mauro Mendes.

“Não recebi convite só do PTB, mas recebi um convite do PP através do deputado federal Ricardo Barros, que é líder do Governo na Câmara dos Deputados. Ele procurou o Emanuelzinho e convidou, assim me convidaram o PV, o Solidariedade, o PSDB e até o DEM. Todos os partidos, graças a Deus nos convidaram o que me deixa muito orgulhoso pelo reconhecimento do nosso trabalho, da nossa luta aqui em Cuiabá”, concluiu.

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem