Neurilan diz que Justiça prejudicou eleição da AMM e teme abstenção de prefeitos sem internet


 

Sonhando com seu 4º mandato consecutivo no comando da  AMM (Associação Mato-grossense dos Municípios), Neurilan Fraga (PL) reclamou da decisão judicial que suspendeu a eleição da nova diretoria. Segundo ele, apesar de revertida na noite desta segunda-feira (14), a ordem fez com que muitos prefeitos não tivessem tempo de se deslocar até Cuiabá, onde a votação ocorre na sede da instituição.


A eleição para a escolha da diretoria executiva e conselho fiscal foi suspensa pelo juiz Onivaldo Budny, da Primeira Vara da Fazenda Pública de Cuiabá. A ordem, no entanto, foi derrubada ontem, pela desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos, do Tribunal de Justiça. A eleição começou às 9h desta quinta-feira (15) e termina 17h.


De acordo com Neurilan, apesar de a votação também ocorrer de forma remota, por um sistema eletrônico, muitos prefeitos terão problemas de conexão, o que pode prejudicar a eleição.

"Estamos confiantes, apesar do prejuízo que teremos por conta da suspensão das eleições até a noite de ontem. Isso fez com que muito prefeitos que viriam para Cuiabá ficassem em seus municípios. A votação é presencial e eletrônica, mas sabemos que tem muitos municípios distantes com dificuldade em acessar a internet. Podemos ter algum prejuízo, por prefeitos que não vão conseguir votar", disse.

Neurilan garantiu legalidade da assembleia geral extraordinária realizada pela AMM em 19 de novembro do ano passado, que permitiu a sua 4ª candidatura. Segundo ele, tal mudança foi aprovada pela maioria da diretoria da instituição e de forma transparente.

"O Tribunal de Justiça reparou um equivoco, devolvendo aos gestores a sua autonomia de, por meio de assembleia geral, promover mudanças no estatuto da entidade. reestabeleceu um direito dos gestores que no ano passado participaram de uma assembleia geral que debateu amplamente a mudança do estatuto, para padronizar com a Confederação Nacional dos Municípios", pontuou.

Oponente

Opositor de Neurilan, o prefeito de Água Boa, Mauro Rosa, o popular "Maurão" (PSD), também demonstrou confiança na votação. Sobre o imbróglio jurídico, defendeu o prefeito eleito do de Campo Verde, Alexandre Lopes, autor do pedido de suspensão da eleição. Afirma que é preciso respeitar o direito dos prefeitos novatos.

"O estatuto foi alterado com apoio da maioria da diretoria, mas creio que é preciso mudar o sistema em que as coisas são feitas aqui na AMM, para ter mais transparência na tomada de decisões. Atas devem ser assinadas e digitalizadas. Isso não aconteceu. Respeito a AMM da qual faço parte há oito anos, já fui vice-presidente, mas acho que é preciso melhorar a transparência", declarou.

Composição

As duas chapas que estão na disputa pelo comando da AMM são compostas pelos seguintes nomes:

Chapa 1 
Presidente de Honra: Ondanir Bortolini
Presidente: Mauro Rosa (PSD)- prefeito de Água Boa
1º - Vice-Presidente: Leonardo Tadeu Bortolin (MDB) - prefeito de Primavera do Leste.
2º - Vice-Presidente: Carlos Amadeu Sirena (DEM) - prefeito de Juara
3º- Vice-Presidente: Martins Dias de Oliveira (PSD) - prefeito de Porto Esperidião
4º- Vice-Presidente: Ronio Condão Barros Milhomem (PP) - prefeito de Confresa
5º-Vice-Presidente: Claudinei Singolano (Republicanos) - prefeito de Alto Garças
Secretário Geral: Rafael Machado (PSI) - prefeito de Campo Novo do Parecis
1º - Secretário: João Machado Neto (PSB) - prefeito Eleito de Nova Xavantina
2º- Secretário: João Teodoro Filho (PSDB) - prefeito de Nova Nazaré
Tesoureiro Geral: Ronivon Parreira das Neves (PSDB) - Prefeito de Ribeirãozinho
1º- Tesoureiro: Jossimar José Fernandes - (PP) Prefeito de Nortelândia
2º-Tesoureiro: Maurício Ferreira de Souza (PSD) - Prefeito de Peixoto de Azevedo

Conselho Fiscal:
1º- Getúlio Dutra Vieira Neto (PSB)-prefeito de Araguaiana
2º - Nelson Antônio Paim (PDT) – prefeito de Poxoréo
3º - Elson Mará (PP) - prefeito Eleito de Serra Nova Dourada

Suplentes Fiscais:
1º - Moisés dos Santos (DEM)- prefeito Eleito de Juscimeira
2º - José Bueno Vilela (DEM)- prefeito Eleito de Campinápolis
3º -João Cleiton Araújo de Medeiros (PSDB)-prefeito de Canabrava do Norte
 
Chapa 2 
Presidente de Honra: Eduardo Botelho
Presidente: Neurilan Fraga (PL) - ex-prefeito de Nortelândia
1º Vice-Presidente: Janailza Taveira Leite (Solidariedade) - prefeita de   São Félix do Araguaia
2º Vice-Presidente: Marcelo de Aquino (PL) - prefeito de General Carneiro
3º Vice-Presidente: Mauriza Augusta de Oliveira (MDB) - prefeita de Nova Brasilândia
4º Vice-Presidente- Edu Laudi Pascoski(PL) - prefeito de Itanhangá
5º Vice-Presidente – Valdecio Luiz da Costa (PL) - prefeito de Dom Aquino
Secretário Geral: Daniel Rosa do Lago (PDT) - prefeito de Porto Alegre do Norte
1º Secretário: Leocir Hanel (PSDB) - prefeito de Nobres
2º Secretário: José Guedes de Souza (MDB) prefeito de Rondolândia
Tesoureiro Geral: Silmar de Souza Gonçalves (DEM) - prefeito de Nossa Senhora do Livramento
1º Tesoureiro: Alex Steves Berto (Solidariedade) - prefeito de  Rosário Oeste
2º Tesoureiro: Altamir Kurten (PSDB) - prefeito de Claúdia

Conselho Fiscal:
1º Jacob Andre BringsKen (MDB) - prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade
2º Márcio Conceição Nunes de Aguiar (PSB) - prefeito de Cocalinho
3º Jadilson Alves de Souza (Republicanos) - prefeito de Curvelândia

Suplentes Fiscais:
1º Héctor Alvares Bezerra (PSL) - prefeito de Mirassol D'Oeste
2º Ederson Figueiredo (PP) - prefeito de Arenápolis
3º Julio Cesar dos Santos (MDB) - prefeito de Apiácas

OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem