Clube da Caixa e mais 13 estabelecimentos são notificados em operação especial de fim de ano




Operação especial fim de ano realizada na noite de quinta-feira (31) pela prefeitura de Cuiabá resultou na abordagem de 18 estabelecimentos. Apenas 14 receberam autos de notificação, ou seja, foram orientados sobre itens estabelecidos em decreto como, por exemplo, aglomeração de pessoas e som alto.


Conforme levantamento apresentado, seis chamadas foram registradas sobre poluição sonora. Um dos locais visitados foi o Clube da Caixa, onde a equipe teve que determinar que o som fosse modulado de maneira a ficar no limite permitido por lei (65 dB) e não causar perturbação à comunidade vizinha.

“A orientação feita pelo sindicato de bares e restaurantes aos associados e a divulgação prévia pela imprensa da operação foram fatores que contribuíram muito para o ajuste e atenção às medidas de biossegurança”, ponderou o secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales.

As rondas começaram por volta das 22h e seguiram até a madrugada desta sexta-feira, 1º de janeiro, com seis equipes e cerca de trinta pessoas trabalhando. “Quero mais uma vez deixar claro que a intenção da Prefeitura de Cuiabá, desde o início das ações de enfrentamento ao covid-19, tem tido como principal característica a prevenção. Queremos que a população tenha consciência que a pandemia não acabou. O distanciamento social ainda é uma das melhores alternativas de controle da doença”, diz Sales. 

O secretário pontua que, por ser uma operação especial de Ano Novo, a população é a principal aliada para o êxito no trabalho de fiscalização. O Disque Silêncio da SORP continua operando ao longo desse feriado prolongado, por meio do telefone, (65) 99341-3000.

“Nesse número, a pessoa que se sentir incomodada pode ligar e registrar a denúncia para que equipe de fiscalização possa verificar in loco se as normas de biossegurança estão sendo seguidas, a fim de evitar a proliferação do coronavírus. Além dessa fonte, as pessoas podem ligar no número 190 para deixar o registro”, explica o secretário.

Desde o final do mês de março, são realizadas ações integradas de fiscalização, entre a Prefeitura de Cuiabá e PM. O trabalho tem como objetivo assegurar o cumprimento das normativas estabelecidas em decretos e recomendadas pela Organização Mundial de Saúde no enfrentamento à pandemia.

“Cuiabá procurou e tem procurado fazer o dever de casa desde o começo, antecipando várias medidas. O prefeito Emanuel Pinheiro tem sido muito determinado naquilo que ele pensa que protege a saúde pública e ele pensa de uma maneira muito correta, muito efetiva, enfrentando inclusive críticas. Mas ele não tem mudado a sua opinião em defesa da saúde pública dos brasileiros que moram em Cuiabá”, avalia o secretário.

OLAHR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem