DIÁLOGO COM PREFEITO: Juca não descarta destinar orçamento da Câmara para compra de vacinas na Capital

O vereador Juca do Guaraná Filho é o novo presidente da Câmara de Cuiabá, eleito na sexta


RDNEWS - Mikhail Favalessa e Jacques Gosch

O vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), que assumiu o cargo de presidente da Câmara de Cuiabá nesta sexta (1º), não descartou que o Legislativo ceda parte de seus recursos para ajudar na compra de vacinas contra a Covid-19. Juca disse que a situação ainda deve ser discutida e destacou que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) já buscou o Instituto Butantan para viabilizar a vacinação na Capital.

"Pode ser discutido sim (o uso de recursos da Câmara). Tudo é discutível, tudo tem que ser discutido", disse.

Juca foi eleito presidente da Mesa Diretora para os próximos dois anos. Teve apoio de 18 vereadores e derrotou a chapa liderada pelo vereador Diego Guimarães (Cidadania), principal nome da oposição a Emanuel.

"O prefeito Emanuel Pinheiro já está se preocupando com isso, foi procurar saber mais sobre essa vacina que vai salvar vidas de nossos irmãos cuiabanos e mato-grosssenses. Já entrou em contato com o instituto que está produzindo a vacina. A Câmara será grande aliada", afirmou Juca.

Emanuel, além de ter entrado em contato com o Butantan, que é ligado à Universidade de São Paulo (USP), também busca agenda com o Governo Federal para garantir que a vacina contra a Covid-19 seja distribuída em Cuiabá. O imunizante do Butantan é produzido em parceria com a chinesa SinoVac. Já o governo tem acordo para receber a vacina produzida pela Universidade de Oxford e também com a Pfizer.
Postagem Anterior Próxima Postagem