Direção do Hospital Laura de Vicunã não consegue renovar contrato com a prefeitura de Nobres e encerra atendimentos pelo SUS nesta sexta-feira




A Direção do Hospital Laura de Vicunã em Nobres anunciou na tarde desta quinta-feira (07), que não atenderá mais pacientes do SUS, apenas atendimentos particulares.

A direção do Hospital Laura de Vicunã em Nobres anunciou na tarde desta quinta-feira (07), que não atenderá mais pacientes do SUS, apenas atendimentos particulares.

O oficio assinado pelo proprietário da unidade de saúde, João Antônio da Fonseca, informou de forma oficial o prefeito Leocir Hanel, que em razão do término do contrato em 23 de dezembro de 2020, o Hospital cessará os atendimentos em 24 horas.

Sem acordo, para renovação do contrato entre prefeitura e Laura de Vicunã, a informação divulgada em grupos de whatsapp, pegou a população de surpresa e provocou reação imediata da classe politica.

O Hospital recebia mensalmente pelo antigo contrato o valor de R$ 230 mil reais para atendimento urgência e emergência 24 horas, o que segundo a direção o valor deve ser atualizado para R$ 400 mil, porém uma contraproposta foi apresentada.

" Chegamos até a propor R$ 300 mil mensais mais 50% no valor das Aihs...mais ou menos R$ 25 mil. Temos 90 internações e fazemos 120 até 130 ao mês", explicou o proprietário.J

á a prefeitura iniciou o estudo para implantação de um Pronto Atendimento (PA) e não aceitou as propostas apresentadas.

NOBRES NOTICÍAS
Postagem Anterior Próxima Postagem