GAME OVER: Prefeito confirma que não terá carnaval em fevereiro em Sinop por conta da Covid




O prefeito Roberto Dorner (Republicanos) confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que as festividades de carnaval, previsto para o dia 16 do próximo mês, estão canceladas no município devido ao aumento de casos de Coronavírus. “Não vai acontecer o carnaval popular, vamos trazer à público a data que vai ser transferido. Vamos fazer uma reunião, mas ainda não definimos”.

A decisão de Dorner vai de acordo com as medidas de segurança tomadas por grandes centros que decidiram por cancelar ou adiar a data por conta da Covid, em outros Estados.

No ano passado, Sinop também não teve carnaval e foi o sexto ano consecutivo sem a festa popular por não ter planejamento orçamentário. No último ano de mandato do ex-prefeito Juarez Costa (MDB), a tradicional festa também não foi realizada. A justificativa foi a economia de cerca de R$ 500 mil, que foram remanejados para outras ações.

Em 2014, por outro lado, a secretaria de Cultura atribuiu o cancelamento da festa popular ao governo estadual. Naquele ano, a previsão era que o Estado bancasse 80% e o município, 20%, no entanto, por falta de verbas, a ideia não saiu do papel. Em 2013, último ano em que o carnaval foi realizado, cerca de 45 mil pessoas marcaram presença nas quatro noites e duas matinês, conforme balanço divulgado na época.

Conforme Só Notícias já informou, no boletim epidemiológico divulgado, ontem, no início da noite, a secretaria estadual de Saúde detalhou que o Hospital Regional de Sinop teve aumento na ocupação das Unidades de Terapia Intensiva exclusivas para tratamento de Coronavírus, e está em 89,47% (estava em 78,95%). São 19 pactuadas e apenas duas estão disponíveis para receber pacientes.

Já na situação geral da rede pública em Mato Grosso houve novo aumento no percentual, de 60,05 para 62,78%. Ao todo, há 403 pactuadas e atualmente.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)
Postagem Anterior Próxima Postagem