HOMICÍDIO QUALIFICADO: Menor de 17 anos confessa que matou jovem após festa de réveillon

Letícia foi encontrada morta nesse sábado em um matagal


Segundo a delegada delegada Angelina Andrade, o adolescente será autuado em flagrante pela prática do ato infracional análogo a homicídio qualificado

ABDALLA ZAROUR
REPORTERMT


O adolescente, de 17 anos, apreendido, neste domingo (3), confessou à Policia Civil que matou a jovem Letícia dos Santos Silva, de 18 anos, no dia primeiro de janeiro em um matagal próximo do município de São José do Rio Claro (297 km de Cuiabá).

Segundo a delegada Angelina Andrade, o adolescente será autuado em flagrante pela prática do ato infracional análogo a homicídio qualificado (artigo 121§ 2º, inciso IV - à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima).

As diligências continuam para apurar o possível envolvimento de outras pessoas e a motivação do crime.

A vítima foi encontrada morta, sem calcinha, com várias perfurações de faca.

Ela era moradora de Tangará da Serra (241 km de Cuiabá) e foi passar a virada de ano com familiares.

De acordo com informações publicadas na imprensa, Letícia disse que iria assistir a uma queima de fogos e na sequência iria para uma festa 'clandestina' de réveillon com alguns primos.

O corpo de Letícia foi encontrado próximo do local aonde a festa foi realizada.

A chave de uma moto foi encontrada perto do corpo.

Na manhã deste domingo (3), homens da Polícia Civil fizeram uma busca em uma residência e encontraram a motocicleta, supostamente usada para levar a jovem até o matagal. O veículo deve passar por perícia. 

Na tarde de ontem, o helicóptero do Ciopaer ajudou nas buscas, mas sem sucesso.

Laudo do Instituto Médico Legal (IML) deve apontar se houve ou não abuso sexual na vítima.


Postagem Anterior Próxima Postagem